Mestrado

Acreditações

Logótipo da A3ES

Acreditado
6 Anos
16 jan 2020
Registo DGES
Registo inicial R/A-Cr 71/2011 de 25-07-2011
Registo de alteração R/A-Cr 71/2011/AL01 de 12-08-2014 | R/A-Cr 71/2011/AL02 de 05-05-2017 | R/A-Cr 71/2011/AL03 de 02-08-2018 | R/A-Cr71/2011/AL04 de 10/02/2020
Contactos
Candidatar
Leccionado em Inglês

De acordo com os últimos resultados dos inquéritos aplicados aos ex-alunos, o nível de empregabilidade dos recém-licenciados do Iscte, em Psicologia, 12 meses após a conclusão do curso, é de aproximadamente 95%.

O Mestrado em Psicologia das Relações Interculturais oferece várias saídas profissionais, das quais se destacam:

  • Administração Pública: posições que envolvem a avaliação, planeamento e intervenção no âmbito da interculturalidade, migrações, gestão da diversidade cultural e de conflitos intergrupais – institutos públicos com intervenção na área da interculturalidade, escolas, serviços de saúde, associações de imigrantes, sistema de justiça, forças de segurança, ONGs nacionais e internacionais, etc. (e.g., SEF, CNAI, ACIDI).
  • Gestão e consultoria internacional e multinacional: posições que envolvem a comunicação e negociação com pessoas de diferentes culturas; Mediação psicossocial e intercultural em organismos da administração pública (e.g., escolas, centros de saúde, hospitais, tribunais, prisões) que desenvolvem a sua actividade junto de populações socioculturais diferenciadas;
  • Formação profissional: posições que envolvem a formação de outros para as questões da interculturalidade, multiculturalismo vs. assimilacionismo, migrações, integração de imigrantes, negociação e resolução de conflitos (Alto-Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural; Instituto de Emprego e Formação Profissional; Conselho Nacional de Juventude) ou a formação de formadores (e.g., Conselho da Europa; European Federation for Intercultural Learning);
  • Investigação: posições de Assistente de Investigação em projetos de investigação financiados pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e bolsas de apoio à realização de doutoramento (FCT).
  • Estágios profissionais na Comissão Europeia, em Bruxelas.

Testemunhos vídeo de alumni

Justine Klecha Estudante ERASMUS

Video

Laura Mégevand Estudante

Video

Testemunhos de alumni
Laura Mégevand
O mestrado em Psicologia das Relações Interculturais deu-me os instrumentos necessários para compreender e lidar com a complexidade inerente às relações entre pessoas de culturas diferentes. Os conteúdos são extremamente actuais, tendo em conta o panorama de um mundo cada vez mais globalizado. Neste mestrado não só se estuda a diversidade, como a própria diversidade está presente tanto nos alunos, com backgrounds diversificados, como a nível do corpo docente, constituído por professores de várias nacionalidades.
Miguel Ángel López
O Mestrado em Psicologia das Relações Interculturais proporciona uma grande oportunidade numa das áreas da Psicologia com maior futuro. Num mundo cada vez mais interligado, onde a diversidade e os contactos intergrupais são a regra, é preciso desenvolver competências para gerir e dinamizar este novo contexto. Uma equipa docente diversa e incentivadora, um bom ambiente de trabalho e a oportunidade de olhar a Psicologia e a interculturalidade de uma perspetiva diferente fazem deste mestrado uma excelente escolha para qualquer profissional interessado não só na Psicologia, mas na compreensão da realidade social.
Teresa Nascimento
Trabalho na área da saúde e a decisão de fazer o Mestrado em Psicologia das Relações Interculturais foi a melhor decisão que tomei, porque me tornei uma profissional melhor e muito mais capaz de lidar com com as questões multiculturais que, todos os dias, se nos deparam nos nossos serviços. O plano curricular do curso é excelente e entusiasmante e os professores sempre próximos e disponíveis. Gostei muito!
Contactos
Candidatar
Voltar ao topo