Culturas Visuais Digitais

Contactos

Período de aulas

Ínicio 24 set 2018
Fim 31 mai 2019

Propinas estudantes UE (2019/2020)

1500.00 €
Candidate-se 

Plano de Estudos para 2018/2019

Unidades Curriculares Obrigatórias
1 Ano | 1 Semestre
Do Analógico ao Digital: Abordagens Interdisciplinares na Análise e Significado das Imagens
Português
6.0 ECTS
Introdução à História do Visual na Antropologia
Português
6.0 ECTS
Laboratório em Culturas Visuais Digitais
Português
18.0 ECTS
Projecto em Culturas Visuais Digitais
Português
18.0 ECTS
1 Ano | 2 Semestre
Laboratório em Culturas Visuais Digitais
Português
18.0 ECTS
Produção de Etnografia Visual
Português
6.0 ECTS
Projecto em Culturas Visuais Digitais
Português
18.0 ECTS
Seminário: Estudos de Media e Tecnologia
Português
6.0 ECTS

Objetivos

Uma introdução teórica à área contemporânea da Antropologia Visual. Através do estudo da história desta disciplina (que tem sido central na produção antropológica), o aluno aprenderá a analisar criticamente as mudanças epistemológicas significativas que foram impostas através do desenvolvimento de tecnologias visuais (em particular, a passagem do analógico para os meios de comunicação digitais). No entanto, as competências adquiridas serão sempre utilizadas de modo a levantar questões mais amplas sobre o conhecimento antropológico em geral.

Os alunos serão, de igual modo, introduzidos à prática de realização de filmes e edição de som e imagem. Serão fornecidas competências para a condução de pesquisa etnográfica com recurso a meios de comunicação digitais, problematizando os diferentes contributos que tais meios de comunicação propiciam para a compreensão do universo social.

Por fim, a introdução prática às tecnologias de imagem contemporânea facultar-lhes-á conhecimentos sobre a utilização das mais recentes tecnologias com vista à comunicação do conhecimento antropológico.

A área científica predominante do curso é a Antropologia, particularmente nas subáreas da antropologia visual e antropologia dos media.

Candidate-se 
Voltar ao topo