Doutoramento

Acreditações

Logótipo da A3ES

Acreditado
6 Anos
16 mar 2018
Registo DGES
Registo inicial R/A-Cr 59/2018 de 18/06/2018
Registo de alteração
Contactos

As optativas podem ser selecionadas de entre a oferta de outros doutoramentos na NOVA FCSH ou ISCTE-IUL.

Horário

Pós-laboral

Período de aulas

Ínicio 21 set 2020
Fim 28 mai 2021

Propinas estudantes UE (2020/2021)

1.ºAno 1500.00 €
2.ºAno 1500.00 €
3.ºAno 1500.00 €
4.ºAno 1500.00 €
1500€ por ano (4 anos)
Leccionado em Português

Plano de Estudos para 2020/2021

Unidades Curriculares Obrigatórias
1 Ano | 1 Semestre
Construção de Projeto em Antropologia
Português
12.0 ECTS
Debates em Antropologia
Português
6.0 ECTS
Teoria Antropológica
Português
6.0 ECTS
1 Ano | 2 Semestre
Metodologia e Desenho de Projeto em Antropologia
Português
6.0 ECTS
Temas em Antropologia
Português
6.0 ECTS
Trabalho de Projeto
Português
12.0 ECTS
Tese em Antropologia (180 Créditos)
2 Ano | 1 Semestre
Tese em Antropologia
Português
180.0 ECTS
2 Ano | 2 Semestre
Tese em Antropologia
Português
180.0 ECTS
3 Ano | 1 Semestre
3 Ano | 2 Semestre
4 Ano | 1 Semestre
4 Ano | 2 Semestre

Optativas recomendadas

O funcionamento das unidades curriculares optativas está sujeito a um n.º  mínimo de inscrições.

Objetivos

• Fornecer elementos teóricos, conceptuais e metodológicos aprofundados para o estudo da Antropologia;
• Proporcionar aos estudantes condições para o debate das temáticas fundamentais adequadas ao nível de formação avançada;
• Desenvolver capacidade de reflexão crítica;
• Dotar os estudantes das competências necessárias à investigação;
• Capacitar os estudantes para a realização de trabalho independente.

• Capacidade para investigar de forma independente;
• Competência para debater temas complexos desenvolvendo a capacidade de síntese;
• Apreender os conceitos, teorias e metodologias inerentes ao desenvolvimento do trabalho de investigação em Antropologia;
• Articular os contributos da Antropologia com outras disciplinas
• Capacidade para apresentar por escrito ou oralmente, de forma clara e coerente, problemas intelectuais complexos;
• Capacidade para desenvolver pesquisa documental, trabalho de campo e redigir documentos longos;
• Compreender e relacionar fenómenos complexos em contextos sociais e geográficos diferentes.

Contactos
Voltar ao topo