Mestrado

Acreditações

Logótipo da A3ES

Acreditado
6 Anos
24 jan 2020
Registo DGES
Registo inicial R/A-Ef 1057/2011 de 18-03-2011
Registo de alteração R/A-Ef 1057/2011/AL01 de 18-03-2016 | R/A-Ef 1057/2011/AL02 de 21-02-2020
Contactos

Horário

Diurno e Pós-laboral. Até ao início das aulas o horário publicado em fenix.iscte-iul.pt é provisório.

Período de aulas

Ínicio 14 set 2020
Fim 28 mai 2021

Propinas estudantes UE (2020/2021)

1.ºAno 1063.00 €
2.ºAno 1063.00 €

Propinas estudantes fora da UE (2020/2021)

1.ºAno 3000.00 €
2.ºAno 1600.00 €
Candidatar
Leccionado em Português

O programa consiste em 2 semestres e meio de componente letiva e 1 semestre e meio para a preparação e realização da dissertação.  

No 1.º ano, os estudantes têm disciplinas de cada uma das áreas científicas do curso (Ciências e Tecnologias da Programação, Sistemas de Informação, Multimédia, Inteligência Artificial e Segurança) e podem optar por diferentes especializações. No 2.º ano, grande parte da carga horária será para a preparação da dissertação, havendo ainda, no 1.º semestre, algumas unidades curriculares obrigatórias e de especialização.

 Aos estudantes que obtenham aproveitamento em todas as unidades curriculares do primeiro ano é atribuído o Diploma de Estudos Pós-Graduados de 2.º ciclo em Engenharia Informática.

 Áreas de Especialização aconselhadas em 2020/2021

  • Aplicações Interativas e Jogos 
  • Ciência de Dados Computacional
  • Sistemas Inteligentes

Duração e carga horária prevista

4 semestres, num total de 120 ECTS. O curso está planeado para uma ocupação a tempo-inteiro. Recomenda-se aos alunos que pretendem fazer o curso a par com outra ocupação que considerem a possibilidade de uma inscrição a tempo-parcial

Plano de Estudos para 2020/2021

Unidades Curriculares Obrigatórias
1 Ano | 1 Semestre
Arquitetura e Desenho de Software
Português
6.0 ECTS
Experiência do Utilizador e Visualização de Informação
Português
6.0 ECTS
Gestão de Sistemas de Informação
Português
6.0 ECTS
Introdução à Aprendizagem Automática
Português
6.0 ECTS
Segurança em Redes e Sistemas de Informação
Português
6.0 ECTS
1 Ano | 2 Semestre
Gestão do Conhecimento e Cultura Organizacional
Português
6.0 ECTS
Programação Avançada
Português
6.0 ECTS
Ética Profissional, Computação e Sociedade
Português
6.0 ECTS
Trabalho Final
2 Ano | 1 Semestre
Dissertação em Engenharia Informática
Português
42.0 ECTS
Trabalho de Projeto em Engenharia Informática
Português
42.0 ECTS
2 Ano | 2 Semestre
Dissertação em Engenharia Informática
Português
42.0 ECTS
Trabalho de Projeto em Engenharia Informática
Português
42.0 ECTS

Optativas recomendadas

Há várias especializações (áreas temáticas) disponíveis para os estudantes do Mestrado em Engenharia Informática: 

Aplicações Interativas e Jogos*

Ciência de Dados Computacional*              

Sistemas Inteligentes*

Tecnologias de Transformação Digital

Internet das Coisas

As assinaladas com asterisco (*) são as consideradas mais adequadas para alunos do Mestrado em Engenharia Informática (MEI), nas restantes é importante ver com atenção as Fichas de Unidade Curricular das Unidades Curriculares (UC) associadas para garantir que cumpre os requisitos de admissão.

As UC do 1.º ano associadas às especializações mais relacionadas com o MEI são as seguintes:

Aplicações Interativas e Jogos (horário diurno):

  • Programação e Geração de Mundos Virtuais
  • Som, Vídeo e Autoria de Conteúdos Digitais

Ciência de Dados Computacional (horário pós-laboral, partilha as UC do 1.º semestre com a especialização de Sistemas Inteligentes):

  • Algoritmos para Big Data
  • Inteligência Computacional e Otimização

Sistemas Inteligentes (horário misto, partilha as UC do 1.º semestre com a especialização de Ciência de Dados Computacional):

  • Algoritmos para Big Data
  • Inteligência Computacional e Otimização

Relembramos que a abertura das UC e especializações está sujeita à escolha das UC por um número suficiente de estudantes. É importante também ter em consideração que há limitações ao número de inscritos por UC.

Objetivos

  • Sistematizar e solidificar os conhecimentos nas áreas-base da Informática (Engenharia de Software, Sistemas de Informação, Inteligência Artificial, Redes de Computadores e Multimédia);
  • Especializar os conhecimentos numa área através da escolha de conjuntos de disciplinas optativas aconselhadas para cada especialização;
  • Fomentar no aluno a criação das capacidades não-técnicas necessárias à maioria dos trabalhos atuais na área (leitura, escrita, apresentação, direção e planeamento);
  • Permitir a criação de uma cultura interdisciplinar, quer pela frequência de disciplinas de outras áreas, quer pelo contacto com alunos e docentes das várias escolas do ISCTE.

Os alunos do MEI durante a sua formação deverão adquirir conhecimento técnico nas áreas essenciais da engenharia informática, e conhecimento técnico especializado nas áreas de Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento e de Multimédia e demonstrar competências específicas para trabalhos de investigação.

Em particular é expectável que um Mestre em Engenharia Informática seja capaz:
    - de desempenhar tarefas de gestão de equipas multidisciplinares e multiculturais;
    - de elaborar a especificação, conceção e desenvolvimento de projetos e produtos multimédia, garantindo de forma integrada a gestão das expectativas dos clientes e dos utilizadores finais;
    - de elaborar a especificação, conceção e desenvolvimento de projetos e produtos de realidade mista e aumentada, garantindo de forma integrada a gestão das expectativas dos clientes e dos utilizadores finais;
    - de elaborar a especificação, conceção e desenvolvimento de projetos interativos aplicados a domínios como a saúde, educação, entretenimentos, etc. ;
    - de desenvolver mecanismos de controlo da qualidade do projeto/produto em etapas sucessivas de testes e validação técnica e funcional;
    de gerir as competências necessárias para lidar e acomodar a mudança e a reação organizacional a essa mudança, com utilização das TIs;
    - de especificar, conceber e desenvolver sistemas que contemplem o conhecimento, e o apliquem de modo a gerar mais valia no seu contexto empresarial, sem esquecer o importante impacto da cultura organizacional em que se enquadram;
    - de identificar, desenhar e implementar as soluções técnicas para as necessidades de gestão de conhecimento;
    - de propor processos/models organizacionais que contribuam de maneira suave mas efetiva para a gestão de conhecimento.

Estes objetivos de aprendizagem são operacionalizados através dos objetivos específicos de cada unidade curricular, devidamente especificados na respetiva FUC, e com uma correspondência direta com pelo menos um dos objetivos de aprendizagem do curso. A medição do seu grau de cumprimento é realizada em cada unidade curricular, na respetiva FUC, da qual constam as metodologias de avaliação utilizadas em cada objetivo específico.

Dissertação / Trabalho de Projeto

Os alunos de mestrado realizam uma dissertação no 2.º ano curricular do seu plano de estudos (42 ECTS). Esta dissertação poderá ser integrada num contexto empresarial ou ter um cariz académico.

Em qualquer dos casos os alunos deverão conduzir um projecto que contemple não só a aplicação dos conceitos adquiridos durante a sua formação, mas também a integração de técnicas e de saberes, de modo a realizar um trabalho inovador no campo da ciência da computação.

As dissertações podem ser realizadas no seio do ISCTE-IUL ou em outras instituições, através da participação em projectos de investigação e desenvolvimento, tipicamente realizadas em parceria com empresas e centros de investigação. Neste domínio, destacam-se o Instituto de Telecomunicações (IT) e a ISTAR-IUL.

O âmbito de projectos onde é possível estagiar inclui áreas de investigação básica e/ou aplicada, tais como Sistemas de Informação, Multimédia e Gestão do Conhecimento, Realidade Virtual e Aumentada, Interacção Homem-Máquina, Codificação de Imagem e Audio, Redes Digitais, Computação Móvel, Sistemas Operativos, Sistemas de Código Aberto, Segurança Informática, Computação Grid, Comércio Electrónico, Modelação e Simulação Computacional (incluindo simulação de sistemas sócio-económicos complexos), Inteligência Artificial, Sistemas e Agentes Inteligentes, e Ciências e Tecnologias da Programação, entre outras.

Contactos
Candidatar
Voltar ao topo