Teses e dissertações

Doutoramento
Gestão Empresarial Aplicada
Título

Essays on the role of management control systems in innovation

Autor
Barros, Rúben Alexandre da Silva
Resumo
pt
O objetivo desta tese de doutoramento é explorar, de forma holística, o papel dos sistemas de controlo de gestão (SCG) na inovação. Na sequência do crescente interesse da literatura nestas matérias, é realizado um caso de estudo na Amorim Cork Composites, uma empresa portuguesa reconhecidamente inovadora. Apesar de se ter estabelecido ligações entre as quatro alavancas de controlo de Simons e vários tipos de inovação, tem sido negligenciado que estas foram concebidas para trabalhar em conjunto e, que desse uso conjunto resultam importantes tensões dinâmicas. Neste sentido, usando o framework de Simons é analisado como é que os SCG podem ser mobilizados em relação à inovação e como é que surgem essas tensões dinâmicas. De facto, percebe-se que os sistemas de controlo interativo e de crenças podem criar as condições necessárias para a inovação, enquanto que os sistemas de controlo diagnóstico e de fronteiras permitem à empresa extrair os benefícios dessas condições. Dos dados recolhidos, são também percebidas duas dimensões que ajudam a entender como e porquê é que os SCG afetam o comportamento dos indivíduos em relação à inovação. Com base na teoria institucional, é argumentado que os SCG enquanto um conjunto de rotinas institucionalizadas pode orientar os indivíduos para a inovação pelas dimensões de comunicação e, de orientação e foco. Estes sistemas aumentam o comportamento proactivo dos indivíduos afetando a sua cognição e sensemaking. Com isto, esta tese apresenta três ensaios relacionados entre si (um de revisão de literatura e dois empíricos) que contribuem para o avanço do conhecimento e aumento do debate.
en
The aim of this dissertation is to holistically explore the role of management control systems (MCS) in innovation. Following an increasing interest of the academic literature in this matter, we conducted an intensive and in-depth single case study in Amorim Cork Composites, a Portuguese company that is widely known as innovative. Until now the literature has established links between the four levers of control and the various types of innovation. However, it has been neglected that these systems were envisioned to work together and that their use generates important dynamic tensions. Therefore, informed by Simons’ framework we explore how the case company mobilizes the packages of MCS regarding innovation and the dynamic tensions that arises from these uses. Indeed, it is perceived that interactive and beliefs systems can create the necessary conditions and that diagnostic and boundary systems allow for the appropriation of the benefits of these conditions. After achieving these results, we then link institutional theory to the dimensions of communication and guidance/focus that come from data analysis to develop a model on how and why MCS affect the individuals’ behaviours. Based on institutional theory we argue that as a set of institutionalized routines MCS can orient individuals for innovation through the dimensions mentioned. Through cognition and sensemaking MCS increase the proactive behaviour of individuals to engage innovation. With this, we are able to present three inter-related essays (one literature review and two empirical essays) that contribute to advancing the existing knowledge and furthering the current debate on this subject.

Data

18-mar-2019

Palavras-chave

Inovação
Innovation
Controlo de gestão
Management control systems
Framework
Institutional theory
Estudo de casos
Case-study
Institucionalismo
Levers of control framework

Acesso

Acesso restrito. Solicitar cópia ao autor.

Ver no repositório  
Voltar ao topo