Teses e dissertações

Mestrado
Psicologia das Relações Interculturais
Título

Unveiling the consequences of prejudice against muslim women: how the hijab can influence islamophobia perception, acculturation preferences and well-being

Autor
Rosa, Vanessa de Oliveira
Resumo
pt
Nas interpretações da cultura islâmica, as mulheres muçulmanas são geralmente apresentadas como um dos principais casos de diferenciação cultural. Atualmente, inúmeros debates na União Européia (UE) têm feito referência à restrições ao uso de vestuários e símbolos religiosos no trabalho ou em espaços públicos, em especial à mulheres muçulmanas. O estudo em questão investigou como a percepção da islamofobia e diferentes sub-dimensões das orientações de aculturação (manutenção cultural, desejo de contato) mediam a relação entre a freqüência do uso do hijab e o bem-estar de mulheres imigrantes muçulmanas na Espanha. Os resultados indicaram que a relação entre a freqüência do uso do hijab e o bem-estar foi mediada pela percepção de islamofobia, sugerindo que quanto mais as participantes usavam o hijab, mais elas percebiam islamofobia e relatavam menos bem-estar. Somado a isso, a percepção de islamofobia foi positivamente correlacionada com as dimensões, tanto de desejo de contato como manutenção cultural. Por outro lado, as preferências de aculturação das participantes não apresentaram correlação com bem-estar.
en
In the interpretation of the Islamic culture, Muslim women have been placed, particularly, as one of the main objects of cultural differentiation. Restrictions on the use of clothing and religious symbols at work or in public spaces have continued to guide innumerous debates in the European Union (EU). The study in question investigated how islamophobia perception and different sub-dimensions of acculturation orientations (i.e., cultural maintenance, desire for contact) mediate the relationship between frequency of use of the hijab and well-being of Muslim immigrant women in Spain. Results indicated that the relationship between frequency of the use of hijab and well-being was mediated by islamophobia perception, suggesting that the more the participants wear the hijab, the more they perceived islamophobia and reported less well-being. Also, islamophobia perception was positively correlated to both the participant’s desire for contact and cultural maintenance. On the other hand, the participant’s acculturation preferences were not correlated to well-being.

Data

18-jan-2021

Palavras-chave

Spain
Well-being
Muçulmanos
Islamophobia
Bem-estarBem-estar -- Welfare
Hijab
Muslim
AculturaçãoAculturação -- Acculturation
Muslim women
Islamofobia
Mulheres muçulmanas

Acesso

Acesso livre

Ver no repositório  
Voltar ao topo