Doutoramento

Acreditações

Logótipo da A3ES

Acreditado
6 Anos
17 jan 2020
Registo DGES
Registo inicial R/A-Cr 217/2011 de 08-02-2012
Registo de alteração R/A-Cr 217/2011/AL01 de 02-03-2015 | R/A-Cr 217/2011/AL02 de 04-12-2020
Contactos
Candidatar
Leccionado em Português

Corpo Docente para (2021/2022)

Tese em Ciência Política | Debates e Controvérsias Contemporâneas em Ciência Política | Tese em Ciência Política
André Freire é Professor Catedrático em Ciência Política, e tem sido Diretor do Doutoramento em Ciência Política, 2015-presente data, e foi como Diretor da Licenciatura em Ciência Política, 2009-2015, ISCTE-IUL (Instituto Universitário de Lisboa). É ainda Investigador Sénior do CIES-IUL (Centro de Investigação e Estudos em Sociologia do ISCTE-IUL). Freire ensina e pesquisa no ISCTE-IUL desde 1996. Tem ainda lecionado e/ou apresentado conferências como convidado em várias outras universidades portuguesas e estrangeiras. Publicou mais de 30 livros e mais de 100 artigos académicos, em várias línguas, nomeadamente em inglês e português.    Freire tem dirigido vários projetos de pesquisa sobre ideologia (esquerda-direita, etc.), ao nível de elites e massas, comportamento eleitoral e atitudes políticas, sobre instituições e reformas políticas, e ainda sobre representação política. Sobre estes assuntos tem publicado abundantemente, nacional e internacional, em livros e revistas académicas. Mais especificamente, até meados de 2020, tem vários estudos publicados (nacional e internacionalmente), em revistas académicas (mais de 100), livros (37) e capítulos de livros, sobre as atitudes e comportamentos dos eleitores e dos eleitos, as instituições políticas e a representação política.    Freire foi pioneiro na criação dos estudos eleitorais (Estudo Eleitoral Nacional Português, com base em inquéritos de opinião pós-eleitorais), em Portugal, em 2002 e 2005 (ver:https://www.ics.ulisboa.pt/livros/eleicoes-legislativas-de-2002 & https://www.ics.ulisboa.pt/livros/portugal-votos & https://rowman.com/isbn/9780739115633/portugal-at-the-polls-in-2002). Desde 2007, tem dirigido vários projetos de pesquisa sobre representação política, ou seja, comparando as opiniões, os valores, as atitudes e os comportamentos de eleitores e eleitos (especialmente deputados, mas também candidatos ao Parlamento não eleitos), desde 2007 até à presente data (ver:http://er.cies.iscte-iul.pt/). Em termos de redes de pesquisa internacionais, tem participado em várias, nomeadamente no Comparative Study of Electoral Systems, European Value Study, European Election Study, True European Voter, European Candidate Study, PARTIREP – Party Representation, PARENEL – Parliamentary Representation at the National and European Levels, Comparative Candidate Study.  Freire é membro do Steering Committee do Comparative Candidate Study, estando presentemente no seu terceiro mandato. Ver http://www.comparativecandidates.org/ Foi colunista regular do jornal Público desde Março de 2006 até Janeiro de 2016, e é atualmente colunista do Jornal de Letras desde Maio de 2017, além de várias outras colaborações ocasionais na imprensa, rádio e TV, e tem sido ainda perito e consultor convidado de várias instituições nacionais (FCT, A3ES, DGAI-MAI, AR, etc.) e internacionais (COST, Comissão Europeia, Conselho da Europa – Programa Co-Acte, etc.) para os assuntos ligados ao ensino superior e à investigação em Ciências Políticas. Livro Mais recente: André Freire, Left and Right. Meaning and Correlates in Long Consolidated and New Democracies, Moldova, Eliva Press 2022. À venda na amazon (US, UK, DE, FR, ES) e na editora:  https://www.elivapress.com/en/book/book-9980623390 Special Issue mais recente na SES&P como Guest Editor: Emmanouil Tsatsanis, Marco Lisi & André Freire (2022) The ‘Lost Generation’ and Its Political Discontents: Age-related Divides in Southern Europe after the Crisis, South European Society and Politics, DOI: 10.1080/13608746.2021.2032936 (Introdução e mais 5 artigos) (2021 versão impressa; 2022: 1st online)     E-mail: andre.freire@iscte-iul.pt Orcid author:  https://orcid.org/0000-0001-5307-6832 Scopus author: Author ID: 8634830500 Google scholar: https://scholar.google.pt/citations?user=RNJvJdIAAAAJ&hl=pt-PT Wikipédia: https://en.wikipedia.org/wiki/Andr%C3%A9_Freire   Ligações úteis: https://www.researchgate.net/profile/Andre_Freire5 https://iscte-iul.academia.edu/Freire/CurriculumVitae https://orcid.org/0000-0001-5307-6832 https://scholar.google.pt/citations?user=RNJvJdIAAAAJ&hl=pt-PT http://er.cies.iscte-iul.pt/ http://www.comparativecandidates.org/ http://avacavoadora.pt/ https://visao.sapo.pt/jornaldeletras/   Post scriptum sobre questões de direitos autorais: O texto desta página web com o meu CV está disponível para modificação e reutilização nos termos da The Creative Commons Attribution-Share alike 3.0 Unreported License and the GNU Free Documentation License (sem versão, sem seções invariantes, textos de capa frontal ou textos de capa traseira)
Relações Internacionais na Época Contemporânea
Professora Auxiliar na Universidade Autónoma de Lisboa nos ciclos de licenciatura, mestrado e doutoramento em Relações Internacionais e convidada do Mestrado em Estudos Internacionais e do Doutoramento em Ciência Política do ISCTE-IUL. Investigadora Integrada do Observare e associada do Centro de Estudos Internacionais (CEI-IUL) e do CISDI-UM – Centro de Investigação em segurança e defesa do Instituto Universitário Militar. É doutorada em Relações Internacionais pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (especialização em Estudos Europeus), com tese intitulada “A União Europeia e a Segurança Humana: um ator de gestão de crises em busca de uma cultura estratégica? Análise e considerações prospetivas.” (2011). É Mestre em Sociologia do Desenvolvimento e da Transformação Social (2006) e licenciada em Relações Internacionais (2003) pela mesma Faculdade. É pós-graduada (2005) em Direitos Humanos e Democratização pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Auditora do Curso de Defesa Nacional em 2011/2012 foi, de 2014 a 2016, Presidente da Direção da Associação de Auditores dos Cursos de Defesa Nacional (AACDN). Auditora do Curso de Defesa para Jovens em 2004, na Base Naval do Alfeite, foi Presidente da Direção da DECIDE – Associação de Jovens Auditores para a Defesa, Segurança e Cidadania entre 2009 e 2013. Foi Formadora da rede de formadores portugueses da Comissão Europeia Team Europa de 2007 a 2016. Desde 2015, é formadora regular dos cursos do Colégio Europeu de Segurança e Defesa “CSDP Training for Eastern Partnership Countries” e “CSDP Reflection Seminar”. É conferencista convidada da Academia da Força Aérea nos cursos de promoção a Capitão e Sargento Chefe e no estágio dos comandantes de unidade. Em 2013 foi selecionada pela Fullbright Portugal para a frequência do programa SUSI – Study of United States Institute e, em 2016, foi a candidata portuguesa escolhida para o programa German Marshall Fund Fellowship. De Março de 2015 a Fevereiro de 2017, desempenhou as funções de Subdiretora-Geral de Política de Defesa Nacional na Direção Geral de Política de Defesa Nacional, tendo sido agraciada pelo Governo de Espanha com a Cruz del Mérito Aeronáutico con Distintibo Blanco (Agosto 2016) e com a medalha de Defesa Nacional de Primeira Classe (Dezembro 2017). É convidada residente do programa “Olhar o Mundo” da RTP e convidada regular de programas de informação da RTP 3, Antena 1, TSF e Rádio Renascença para comentar a atualidade internacional.  
Seminário em Ciência Política e Relações Internacionais
Doutorada em Ciências Políticas e Sociais pelo Instituto Universitário Europeu (EUI), em Florença (2011), Ana Espírito-Santo é, desde 2011, Professora Auxiliar no ISCTE-IUL e investigadora do CIES-IUL. Antes de começar o doutoramento trabalhou como Assistente de Investigação no Instituto de Ciências Sociais, ICS (2002-2005), como Investigadora Júnior convidada no Social Science Research Center (WZB), em Berlim (2005-2006) e como Investigadora Júnior na Universidade Complutense de Madrid (2007). Entre Janeiro e Março de 2011 foi Professora Assistente na University of London, Birkbeck College, em Londres. É licenciada em Sociologia (2001) e mestre em Ciência Política (2006), ambos os graus obtidos no ISCTE. As suas principais áreas de investigação são: género e política, política comparada, representação política, sistemas eleitorais, metodologia e análise de dados. Tem participado como investigadora em projectos de investigação (de âmbito nacional e internacional) sobre estes e outros temas, no ICS, no CIES-IUL, no EUI e na University of California, em San Diego (EUA). É autora e co-autora de vários capítulos de livros e de artigos em revistas prestigiadas, incluindo a West European Politics, Electoral Studies e a Party Politics. Tem apresentado o seu trabalho em várias conferências nacionais e internacionais, entre as quais APSA, MPSA e ECPR. 
Debates e Controvérsias Contemporâneas em Ciência Política | Seminário em Ciência Política e Relações Internacionais
Ana Maria Belchior é professora associada, com agregação, no Departamento de Ciências Políticas e Políticas Públicas do ISCTE-IUL (Instituto Universitário de Lisboa) em Lisboa e investigadora do CIES-IUL. Atualmente é coordenadora do Mestrado em Ciência Política, no ISCTE-IUL. Participou em vários projetos de investigação relacionados com temas como: de democracia e globalização, participação política, representação democrática, congruência política e promessas eleitorais e tomada de decisão. Publicou os resultados da pesquisa em livros e capítulos de livros e em diversas revistas nacionais e internacionais (por exemplo, Comparative Political Studies, International Political Science Review, Party Politics, Sociological Methods & Research, Journal of Contemporary European Studies, ou Journal of Legislative Studies).
Seminário de Projecto em Ciência Política e Relações Internacionais | Seminário de Projecto em Ciência Política e Relações Internacionais
Seminário de Projecto em Ciência Política e Relações Internacionais | Seminário de Projecto em Ciência Política e Relações Internacionais
José Santana Pereira (Nisa, 1982) é doutorado em Ciências Políticas e Sociais pelo Instituto Universitário Europeu em Florença (2012). A sua investigação tem vindo a centrar-se no campo dos efeitos dos meios de comunicação social na opinião pública e no estudo dos sistemas de media nacionais em perspectiva comparada. O comportamento eleitoral e as atitudes políticas (nomeadamente as atitudes em relação à Europa e, mais recentemente, as atitudes populistas) também fazem parte dos seus interesses de investigação. Nestes domínios, publicou vários artigos e capítulos de livros em língua portuguesa, inglesa e francesa. Em Janeiro de 2016 publicou, pela FFMS, o ensaio Política e Entretenimento. Após a licenciatura em Psicologia Social (ISCTE, 2004) e antes do ingresso no programa doutoral do IUE (2008), trabalhou como assistente de investigação no projecto «Comportamento Eleitoral e Atitudes Políticas dos Portugueses». Entre 2013 e 2017 foi investigador de pós-doutoramento no Instituto de Ciências Sociais. Colaborou, entre outros, nos projectos «EU Profiler» (que implementou uma voting advice application para as eleições Europeias de 2009) e «Media Profiler» (que projectou uma plataforma online para a análise comparativa dos media na União Europeia), ambos sedeados no Robert Schuman Centre for Advanced Studies (RSCAS). Mais recentemente, foi co-líder da equipa portuguesa do projecto «EUandI», investigador no projecto «Participation in the EU decision-making: Portugal in comparative perspective» e líder da equipa portuguesa do projecto «Where is My Party?». É um dos investigadores responsáveis pelos projectos «Media Systems in Europe» e «Mecanismos e Impactos da Abstenção Eleitoral», financiado pela FFMS. É country coordinator para a Itália no projecto Varieties of Democracy e membro da equipa responsável pelas Sondagens ICS-ISCTE. 
Relações Internacionais na Época Contemporânea | Tese em Ciência Política | Tese em Ciência Política | Tese em Ciência Política
Luís Nuno Rodrigues é Professor Catedrático do Departamento de História do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa. É Diretor do Centro de Estudos Internacionais (CEI-Iscte) e do Mestrado e Doutoramento em Estudos Internacionais, na mesma instituição. Doutorado em História Americana pela Universidade do Wisconsin e em História Moderna e Contemporânea (especialidade História das Relações Internacionais na Época Contemporânea) pelo ISCTE-IUL, foi Visiting Professor na Brown University, Estados Unidos da América, Diretor da revista científica Portuguese Journal of Social Science e Diretor do Doutoramento em História, Estudos de Segurança e Defesa (em colaboração com a Academia Militar). As suas áreas de especialização são a História das Relações Internacionais, História da Guerra Fria, História de Portugal do século XX e História dos Estados Unidos da América. Orientou dezenas de teses de doutoramento e de teses de Mestrado. Organizou mais de uma centena de colóquios, conferências e seminários e apresentou comunicações orais em número idêntico de eventos científicos, em Portugal e no estrangeiro. É autor de 9 livros, coordenador de outros 8 e publicou 55 capítulos de livros ou entradas em obras coletivas e mais de 30 artigos em revistas especializadas. A sua obra Kennedy-Salazar: A Crise de Uma Aliança. As Relações Luso-Americanas entre 1961 e 1963, publicada em 2002, foi galardoada com os Prémios Fundação Mário Soares e Aristides Sousa Mendes. Entre as suas publicações mais recentes contam-se o livro Spínola, publicado pela Esfera dos Livros em 2010, a obra coletiva intitulada Perceptions of NATO and the New Strategic Concept, que editou com Volodymyr Dubovyk, o artigo “Establishing a ‘Cultural Base’? The Creation of the Fulbright Program in Portugal”, publicado em 2017 na International History Review e a obra coletiva L'Aviation et son impact sur le temps et l'espace, publicada em 2019 pelas Editions Le Manuscript. Coordena presentemente o projecto de investigação "NoWall: Europe and the Fall of the Berlin Wall", no CEI-IUL.
Estágio de 2º Ciclo
Doutoramento com menção internacional pela Universidade de Huelva (UHU) no Departamento de Sociologia e Serviço Social. Professor Auxiliar em Serviço Social no ISCTE, lecionando diversas Unidades Curriculares na Licenciatura, Mestrado e Doutoramento dentro da área do Serviço Social. Diretor do Mestrado em Serviço Social do ISCTE. Investigador integrado no CIES-Iscte, Agora (UHU) e membro do Centro de Investigação das Migrações (CIM: UHU). As áreas de interesse para a investigação estão relacionadas com as migrações (interculturalidade, superdiversidade, herança cultural nas crianças), Formação em Serviço Social; Exclusão Social, Direitos Humanos e Serviço Social; e Serviço Social Digital.
Seminário em Ciência Política e Relações Internacionais | Seminário em Ciência Política e Relações Internacionais
Pedro Seabra é Investigador no Centro de Estudos Internacionais do Instituto Universitário de Lisboa (CEI-Iscte) e Professor Auxiliar Convidado do Iscte-IUL. É doutorado em Ciência Política, com especialização em Relações Internacionais, pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS, ULisboa) e Mestre em Ciência Política e Relações Internacionais pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL). Anteriormente foi Nuclear Security Fellow da Escola de Relações Internacionais-Fundação Getúlio Vargas (FGV), SUSI Fellow do Departamento de Estado dos EUA, e Leibniz-DAAD Research Fellow do German Institute for Global and Area Studies (GIGA). Em 2019 foi Professor Visitante do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (IREL-UnB) e da Universitas Islam Indonesia (UII). Entre 2013 e 2016, foi Investigador Visitante do IREL-UnB, do Centre for Governance Innovation da Universidade de Pretória (GovInn-UP) e do ICS, ULisboa. Trabalhou igualmente como Investigador do Instituto Português de Relações Internacionais e Segurança (IPRIS). Os seus interesses de investigação concentram-se na área de Relações Internacionais, Segurança Internacional, dinâmicas regionais do Atlântico Sul e security capacity-building em África.
Contactos
Candidatar
Voltar ao topo