Condições de Acesso

Candidatar

CANDIDATO NACIONAL OU EQUIPARADO

Considera-se candidato nacional ou equiparado aquele que:

  • tem nacionalidade portuguesa;
  • tem nacionalidade de Estado membro da União Europeia (UE);
  • tem outra nacionalidade, mas é:
    • cônjuge1 de cidadão português ou da UE;
    • filho menor de 21 anos2 de cidadão português ou da UE ou do seu cônjuge1;
    • mãe ou pai a cargo de cidadão português ou de nacional da UE ou do seu cônjuge1;
    • residente legal em Portugal há mais de dois anos3, de forma ininterrupta, em 1 de janeiro do ano em que pretende ingressar no ensino superior;
    • beneficiário do estatuto de igualdade de direitos e deveres, em 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no ensino superior;
    • requerente de ingresso no ensino superior através dos regimes especiais.

Um candidato nacional ou equiparado concorre ao ensino superior através do Concurso Nacional de Acesso (CNA), gerido integralmente pela Direção-Geral do Ensino Superior (DGES). Veja aqui. Ou seja, a candidatura não é apresentada ou analisada pelo Iscte, mas pela DGES.

Para além do cônjuge, admite-se também o parceiro em união de facto, obrigando a identificação do tipo de relação ser acompanhada por prova documental. | 2 Os filhos maiores de 21 anos que permaneçam a cargo do cidadão português/UE ou do seu cônjuge também são elegíveis. | 3 São elegíveis também os filhos que com ele(s) residam, sendo que o tempo de residência para estudo não releva para este efeito.


CONDIÇÕES DE ACESSO

  • Ter aprovação num curso do ensino secundário ou habilitação legalmente equivalente;
  • Ter realizado as provas de ingresso exigidas para o curso e ter obtido nessas provas uma classificação igual, ou superior, a 9,5 valores;
  • Ter provas de ingresso válidas, que podem ser usadas no ano da sua realização e:
    • nos dois anos seguintes | no caso de exames realizados até 2021, inclusivé.
    • nos quatro anos seguintes | no caso de exames realizados a partir de 2022.
  • Ter uma nota de candidatura igual ou superior ao valor mínimo fixado pelo Iscte: 10,0 valores.

PROVAS DE INGRESSO

11 História ou 16 Matemática ou 18 Português


NOTA MÍNIMA DAS PROVAS DE INGRESSO

95


NOTA MÍNIMA DE CANDIDATURA

100


FÓRMULA DE CÁLCULO DA NOTA DE CANDIDATURA

Média do secundário 50% + Média das provas de ingresso 50%


PROPINA

     
Ano Valor
1.º Ano697.00
2.º Ano697.00
3.º Ano697.00


DÚVIDAS

Se tem dúvidas sobre o seu perfil de candidato, preencha o formulário disponível aqui.

CANDIDATO INTERNACIONAL

Considera-se candidato internacional aquele que:

  • não tem nacionalidade portuguesa;
  • não tem nacionalidade de Estado membro da União Europeia;
  • não é familiar de português ou de nacional da UE;
  • não reside legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta;
  • não requereu o ingresso no ensino superior através dos regimes especiais;
  • não beneficia de estatuto de igualdade de direitos e deveres atribuído ao abrigo de tratado internacional outorgado entre o Estado Português e o de que são nacionais.

Um candidato internacional que pretenda candidatar-se a um curso do Iscte concorre através de um Concurso Especial, gerido pelo Iscte – Instituto Universitário de Lisboa. Ou seja, a candidatura é apresentada e analisada pelo Iscte, através da Comissão de Análise de Candidatura do curso ao qual o candidato se candidatou.


CONDIÇÕES DE ACESSO

Podem candidatar-se a este Concurso Especial, os candidatos internacionais que satisfaçam os respetivos critérios de seriação e seleção, disponíveis para consulta aqui (separador "seriação e seleção").

Os candidatos internacionais nacionais da China devem também consultar esta página.
Os candidatos internacionais nacionais do Brasil devem também consultar esta página.


CANDIDATURA

A candidatura é online, na nossa plataforma de gestão académica Fénix.
Para saber mais sobre o processo de candidatura, e para avançar com a sua, deve consultar esta página.

Estudante internacional

Fase Início Fim Taxa de Candidatura Taxa de Reserva fora da UE
1ª Fase 18 Dezembro 2023 31 Janeiro 2024 70.00 € 750.00 €
2ª Fase 28 Fevereiro 2024 20 Março 2024 70.00 € 750.00 €
3ª Fase 17 Abril 2024 15 Maio 2024 70.00 € 750.00 €
4ª Fase 11 Junho 2024 10 Julho 2024 70.00 € 750.00 €

Mais informações sobre acesso dos estudantes internacionais


TAXA DE RESERVA DE MATRÍCULA

A matrícula e inscrição dos candidatos que, tendo-se candidatado, foram admitidos ao curso, está condicionada ao pagamento da taxa de reserva de matrícula.


PROPINA

A propina aplicada aos estudantes internacionais está disponível na página de apresentação do curso. O regulamento de propinas é de consulta obrigatória e está disponível aqui.

     
Ano Valor
1.º Ano5500.00
2.º Ano5500.00
3.º Ano5500.00


DÚVIDAS

Se tem dúvidas sobre o seu perfil de candidato, preencha o formulário disponível aqui.

CONCURSO ESPECIAL PARA CANDIDATOS INTERNACIONAIS

Consulta o separador anterior “CANDIDATO INTERNACIONAL”


CONCURSO ESPECIAL PARA MAIORES DE 23

O Concurso Especial M23 atende à diversidade de um conjunto de estudantes com trajetórias escolares e profissionais muito específicas e distintas daquelas que correspondem ao estudante universitário tipo. Por este motivo, o Iscte fez aprovar recentemente novas regras de avaliação da capacidade para o ingresso dos maiores de 23 não titulares de habilitação de acesso ao ensino superior.

A candidatura a este concurso obedece a uma etapa prévia de inscrição nas Provas M23, de realização obrigatória no Iscte, tipicamente no mês de julho. Podem inscrever-se para a realização destas provas os candidatos que reúnam todas as seguintes condições: 

  • completem 23 anos até ao dia 31 de dezembro do ano que antecede a realização das Provas M23;
  • não sejam titulares da habilitação de acesso para o ciclo de estudos pretendido (por habilitação de acesso entende-se ser-se titular de curso de ensino secundário ou equivalente e ter válidos os exames nacionais exigidos como provas de ingresso);
  • não estejam abrangidos pelo estatuto de estudante internacional.

Saiba mais sobre a candidatura ao Iscte por via do Concurso Especial para Maiores de 23, a partir desta página dedicada.


CONCURSO ESPECIAL PARA DIPLOMADOS DE DUPLA CERTIFICAÇÃO

O Concurso Especial para Titulares de Cursos de Dupla Certificação de Nível Secundário e Cursos Artísticos Especializados destina-se a candidatos que reúnam todas as seguintes condições:

  • ser titular de oferta educativa e formativa de dupla certificação de nível secundário, conferente do nível 4 de qualificação do Quadro Nacional de Qualificações – ver art. 13.º-A, DL n.º 113/2014, de 16 de julho, na sua redação atual;
  • ter realizado e obtido aprovação na(s) prova(s) específica(s), exigida(s) para a candidatura ao curso;
  • não estar abrangido pelo estatuto de estudante internacional.

Para o acesso ao Iscte por via deste concurso, para além da realização da(s) prova(s) escrita(s), os candidatos devem atender ao elenco das correspondências das áreas de educação e formação disponíveis nas deliberações relevantes, consultáveis aqui: CNAES - Diplomados Vias Profissionalizantes | DGES

Saiba mais sobre a candidatura ao Iscte por via do Concurso Especial de Dupla Certificação, a partir desta página dedicada.


CONCURSO ESPECIAL PARA TITULARES DE CURSOS SUPERIORES

O Concurso Especial para Titulares de Cursos Superiores destina-se a candidatos que reúnam todas as seguintes condições:

  • sejam titulares do grau de bacharel, licenciado, mestre ou doutor;
  • não estejam abrangidos pelo estatuto do estudante internacional.

Saiba mais sobre a candidatura ao Iscte por via do Concurso Especial para Titulares de Cursos Superiores, a partir desta página dedicada.


CONCURSO ESPECIAL DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO

O Concurso Especial de Mudança de Par Instituição/Curso destina-se a candidatos que reúnam todas as seguintes condições:

  • ter estado matriculado numa instituição de ensino superior e não ter concluído o grau;
  • ter o secundário completo e ter realizado com aproveitamento os exames exigidos para o curso pretendido.

Saiba mais sobre a candidatura ao Iscte por via do Concurso Especial de Mudança de Par Instituição/Curso, a partir desta página dedicada.

Voltar ao topo