Mestrado

Acreditações

Logótipo da A3ES

Acreditado
6 Anos
07 abr 2020
Registo DGES
Registo inicial R/A-Ef 1053/2011 de 18-03-2011
Registo de alteração R/A-Ef 1053/2011/AL01 de 04-03-2016 | R/A-Ef 1053/2011/AL02 de 05-05-2017
Contactos
Candidatar
Leccionado em Português

A formação especializada neste Mestrado abre as portas a diversas saídas profissionais, nomeadamente em:

  • Bancos e outras instituições financeiras (companhias de seguros, sociedades gestoras de fundos, bolsas, sociedades de leasing, sociedades de factoring, sociedades de corretagem, entre outras);
  • Empresas de consultoria e auditoria;
  • Departamentos financeiros de empresas não financeiras;
  • Associações empresariais;
  • Serviços técnicos da Administração Pública Central (gabinetes de estudos e prospetiva, serviços de planeamento, institutos públicos nas áreas da Economia e da Estatística);
  • Organizações económicas internacionais, nomeadamente estruturas da União Europeia.

A Escola de Ciências Sociais e Humanas dispõe de um Career Services, que tem como principal objetivo, capacitar os seus estudantes para uma gestão eficaz das suas carreiras e prepará-los para os desafios do mercado de trabalho.
Testemunhos de alumni
Isabel Lavrador Banco Central Europeu (Statistics Development / Coordination)

O Mestrado em Economia Monetária e Financeira permitiu-me aprofundar conceitos económico-financeiros e desenvolver competências técnicas e relacionais que se têm revelado extremamente úteis na minha carreira profissional. A diversidade de disciplinas económicas e financeiras, associada ao background científico e pedagógico do corpo docente foram elementos chave à aquisição de novos conhecimentos e ao desenvolvimento de métodos e práticas de investigação essenciais a um economista. Em paralelo, durante o 1.º ano do Mestrado (ano curricular) fui incentivada a trabalhar em equipa e com colegas de várias nacionalidades, pondo em prática os novos conhecimentos adquiridos e ultrapassando novos desafios. De igual modo, a disponibilidade e flexibilidade sempre demonstradas por parte do corpo docente permitiram-me conciliar o mestrado com a minha carreira profissional, e contribuíram para desenvolver diversos trabalhos de investigação focados nas minhas áreas de interesse. Destaco por fim o excelente trabalho dos supervisores de dissertação; para além de todo o papel desempenhado na orientação da dissertação, fui constantemente incentivada ao desenvolvimento de um trabalho de excelência orientado para a publicação, o que me manteve motivada e impulsionou o aumento de conhecimentos e práticas de investigação ao nível das mais prestigiadas universidades internacionais.

Paulo Horta CMVM

A frequência do mestrado em Economia Monetária e Financeira proporcionou-me o acesso a ferramentas teóricas e práticas de análise, que me têm permitido observar e compreender o mundo económico e financeiro de uma forma mais crítica e esclarecida. Além disso, o conteúdo programático rigoroso e diversificado, e a qualidade científica e pedagógica do corpo docente, tornam este curso de mestrado num percurso natural para quem, como eu, pretende prosseguir os estudos económicos ao nível do doutoramento. Considero também relevante referir o trabalho diligente do Secretariado, pelo eficiente apoio administrativo prestado aos alunos nos assuntos relacionados com o quotidiano do curso.

Cláudia Bernardo Banco Santander Totta

A opção pela frequência no mestrado em Economia Monetária e Financeira no ISCTE-IUL prendeu-se não só pela qualidade apresentada do plano curricular mas também pelo prestigio desta Instituição. Realço também a elevada qualidade, empenho, dedicação e disponibilidade de todo o corpo docente deste mestrado. O plano curricular no 1º ano permitiu-me adquirir e consolidar muitos conceitos económico-financeiros adquiridos na Licenciatura em Gestão e no mercado de trabalho no sector bancário. A componente prática da grande maioria das cadeiras revelou-se muito enriquecedora, não só por nos permitir desenvolver e aperfeiçoar capacidades de trabalho, mas também por nos fazer refletir sobre o mundo global com outros olhos. O desenvolvimento da dissertação exige muito da nossa capacidade de trabalho e resistência; contudo a orientação e exigência sempre demonstrada pelos supervisores de mestrado foi essencial para o terminus com sucesso deste percurso.

Joana Lopes KPMG (Financial Risk Management)
Sendo a minha formação base na área da matemática aplicada e computação, o mestrado em Economia Monetária e Financeira foi a opção ideal para consolidar e aprofundar conhecimentos na área da economia e finanças, já que profissionalmente desenvolvo funções em consultoria financeira no sector bancário. A parte curricular do mestrado encontra-se muito bem estruturada, abrangendo um conjunto relevante e diversificado de matérias. Apresenta ainda uma conjugação perfeita entre a teoria e a prática através do recurso a case studies, trabalhos de grupo, apresentações, software econométrico, partilha de experiências, entre outros. O mestrado conta com um excelente corpo de docentes, com uma visão muito prática e realista das necessidades do mercado laboral, numa universidade de prestígio como o ISCTE-IUL que proporciona aos alunos óptimas condições tecnológicas, de acesso, de trabalho e pesquisa. Adicionalmente, este mestrado proporcionou-me uma experiência inesquecível e enriquecedora ao desenvolver parte da dissertação na London School of Economics, o que veio comprovar a flexibilidade do ISCTE-IUL e o seu reconhecimento internacional.
Ricardo Barradas Docente no ISCTE-IUL e no Instituto Politécnico de Lisboa
O Mestrado conta com um corpo docente altamente qualificado, uma adequada estruturação curricular e uma forte componente prática, revelaram-se condições essenciais para o desenvolvimento de algumas competências, nomeadamente ao nível da reflexão/compreensão em torno da sensibilidade dos mercados financeiros internacionais a aspectos de natureza empresarial, sectorial, macroeconómica e especulativa. A deterioração vincada das condições económicas globais e as concomitantes dificuldades prementes por parte da generalidade das instituições financeiras, acarretam hoje um conjunto de novos desafios, aos quais ninguém pode ficar imune. Pelo que a realização do Mestrado em Economia Monetária e Financeira será certamente crucial para a valorização pessoal e profissional de cada um.
Rita Pesqueira Orey Financial (Risk Management)
A minha escolha pelo Mestrado em Economia Monetária e Financeira foi fundamentada pela diversidade dos conteúdos oferecidos e pela possibilidade de conciliar a minha carreira profissional com os meus objetivos académicos. A oferta e o acesso a meios tecnológicos, salas de estudo e software de apoio, revelaram que a minha escolha foi a mais acertada. Destaco ainda, a constante motivação, apoio e disponibilidade oferecidos pelo corpo docente. A experiência e os conhecimentos adquiridos ao longo do curso de mestrado permitiram-me aprofundar técnicas e desenvolver ferramentas essenciais ao meu crescimento profissional. Para além disso, a realização do trabalho de dissertação ofereceu-me a oportunidade de explorar e contribuir de forma positiva para um campo de investigação importante na economia nacional. A frequência deste curso de mestrado foi uma etapa importante da minha vida, pois permitiu-me enriquecer os meus conhecimentos técnicos, expandir as minhas competências profissionais e conhecer pessoas com interesses comuns aos meus.
Leonor Peleja Caixa Geral de Depósitos (Risk Management)
Uma das principais razões para a escolha inicial do Mestrado em Economia Monetária e Financeira foi sem dúvida a diversidade do seu plano curricular e o prestígio do ISCTE-IUL no mercado laboral e financeiro. Folgo em dizer que as minhas motivações iniciais foram fortemente consolidadas ao longo dos dois anos em que estive envolvida no projeto. A experiência, disponibilidade e apoio do corpo docente permitiu-me aproveitar ao máximo a qualidade da estruturação curricular de modo a aprofundar noções obtidas na minha formação base em Matemática Aplicada à Economia e Gestão, bem como aprender novos conceitos, desenvolver competências técnicas e trabalhar com novo software econométrico. Adicionalmente, a forte componente prática desenvolvida no primeiro ano curricular e o incentivo a trabalhos em equipa também são uma mais-valia a realçar no mestrado, uma vez que permitem crescer a nível pessoal e valorizar a performance profissional. Assim, por estes e outros motivos, que certamente ficam por dizer, o Mestrado em Economia Monetária e Financeira enriqueceu-me e ajudou-me a observar a realidade económico-financeira de modo mais esclarecido e crítico.
Contactos
Candidatar
Voltar ao topo