Mestrado

Acreditações

Logótipo da A3ES

Acreditado
6 Anos
14 jan 2020
Registo DGES
Registo inicial R/A-Ef 1080/2011 de 18-03-2011
Registo de alteração R/A-Ef 1080/2011/AL01 de 21-02-2020
Contactos
Candidatar
Leccionado em Português

O corpo docente do MPSO é altamente qualificado e reconhecido nacional e internacionalmente, com uma forte rede de contactos quer ao nível da investigação científica em Psicologia Social e das Organizações, quer ao nível do mercado de trabalho. Este corpo de docentes é, também, único em todo o país, sendo o Departamento de Psicologia Social e das Organizações do Iscte o departamento académico com a concentração mais elevada de Psicólogos Sociais e das Organizações da Academia Portuguesa.

Corpo Docente para (2020/2021)

Os meus interesses de investigação são sobre como processos cognitivos - atenção, percepção, e memória - nos permitem interagir com o mundo social e não-social. Nomeadamente, de que modo nos permitem formar impressões acerca da personalidade dos outros, fazer inferências acerca deles, e reconhecer emoções, e interagir com o mundo não-social como marcas e bens de consumo. Têm-me interessado também processos de linguagem, em particular o modo como a linguagem molda o conhecimento do mundo. Recentemente, tenho estudado estas questões em populações clínicas e grupos específicos, e usado medidas de activação cerebral para lhes responder.
Desenvolvimento de Competências Profissionais
Desenvolvimento de Competências Pessoais e Académicas | Estágio de Psicologia Social e das Organizações | Estágio de Psicologia Social e das Organizações
Marília Prada completed her PhD in Social Psychology at ISCTE-IUL in 2010. Since then she has been teaching diverse courses to undergraduate and masters’ students with an emphasis on research methods and academic skills. She has published national and international scientific and pedagogic papers and has also co-edited a handbook on academic skills. Between 2015-2018, she was a postdoctoral fellow on a project funded by the European Commission (“Examining the Boundaries of Embodiment” coordinated by Margarida Vaz Garrido). Currently, she coordinates an FCT project - Individual and contextual determinants of sugar perception and consumption - hosted by the Center for Research and Social Intervention (CIS-IUL). Her research interests include: (a) the development and validation of instruments; (b) processing of affective information; (c) food perception and eating behavior.
Desenvolvimento de Competências Pessoais e Académicas | Dissertação em Psicologia Social e das Organizações
MARGARIDA E SÁ DE VAZ GARRIDO, Doutorada em Psicologia  (2007), é Professora Associada no ISCTE-IUL, onde leciona desde 1998. A sua investigação fundamenta-se teoricamente na psicologia social e numa abordagem situada da cognição humana, que enfatiza a importância do contexto onde a atividade cognitiva se desenvolve. Tem aplicado esta abordagem ao estudo da memória, representações cognitivas, e processamento de uma segunda língua. Paralelamente, tem explorado as suas implicações no estudo da parentalidade abusiva, das imagens sociais de crianças/jovens institucionalizados, processamento mnésico em populações clínicas e ainda, nas áreas da psicologia do consumo, marketing e comportamento alimentar. Tem coordenado diversos projetos de investigação financiados (FCT, UE), assim como bolseiros de doutoramento e pós-doutoramento. Obteve ainda várias bolsas individuais que lhe permitiram trabalhar durante o Doutoramento na Universidade da Califórnia - Santa Bárbara e mais recentemente, na Universidade Utrecht. O seu trabalho de investigação tem sido publicado em dezenas livros, capítulos e revistas científicas internacionais (e.g. Journal of Experimental Social Psychology, European Journal of Social Psychology, Experimental Psychology, Social Cognition, Cognition and Emotion, Behavior Research Methods). É também editora e co-autora de publicações pedagógicas, incluindo manuais, capítulos e artigos dirigidos a estudantes/investigadores.   Tem assumido cargos de gestão académica e científica, nomeadamente a direção do Departamento de Psicologia Social e das Organizações e do Mestrado de Psicologia Social e das Organizações. Foi também Vice-Diretora do CIS-IUL e Presidente da Associação Portuguesa de Psicologia. Atualmente é Diretora do Progama de Doutoramento em Psicologia.      
Dissertação em Psicologia Social e das Organizações
Patrícia Arriaga. é Doutorada em Psicologia Social e Organizacional na especialização de Psicologia Social pelo ISCTE (Pré-Bolonha, 2006), com Licenciatura Pré-Bolonha em Psicologia (5 anos, 1996, Área de Psicologia Clínica) pelo ISPA e Mestrado Pré-Bolonha em Psicologia Clínica e Psicopatologia pelo ISPA (3 anos, 2000).  É certificada como Especialista pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) nas áreas de "Psicologia Clínica e da Saúde", "Psicologia do Trabalho, Social e das Organizações". É atualmente Professora Auxiliar com Agregação no ISCTE-IUL, tendo iniciado a atividade de ensino no ensino superior em 1996. Coordena o Mestrado Ciências em Emoções (ISCTE-IUL).    Investigação: Tem vários projetos com financiamento externo. Foi bolseira da FCT em Pós-Doutoramento (2008) e Investigadora (2009) do CIS-IUL ao abrigo do Contrato-Programa Ciência 2008 e mantém-se atualmente como membro efetivo do CIS-IUL, integrando o grupo de investigação "Behavior, Emotion and Cognition" .  Os seus principais interesses de investigação envolvem o estudo de processos afetivos/emocionais, que geralmente incluem avaliação de respostas subjetivas, comportamentais e fisiológicas, aplicadas a vários tópicos da psicologia social e da saúde. Atualmente os seus projetos centram-se: a) no desenvolvimento de ferramentas (e.g. jogos de tabuleiro, exergames, e outros sistemas de entretenimento e/ou comunicação); e b) estudo da interação humano-robô (HRI), ambos numa perspetiva de promoção do bem-estar, incluindo a compreensão das suas implicações sociais, éticas e julgamentos moral associados.
Dissertação em Psicologia Social e das Organizações
M.S. (2003) and a PhD (2008) in Social Psychology of Health (Iscte). Associate Professor with Habilitation (Agregação) in Psychology  at the Department of Psychology of Iscte, where she started teaching in 1999. She is currently the Head of the Psychology Department. She was vice-dean of the School of Social Sciences and Humanitie, vice-director of the Centre for Social Research and Intervention, the director of the Master in Social Psychology of Health and Head of the Research Group Health for All (H4A). Fascinated by the (social) mind-body relations, she has dedicated much attention to such issues in her teaching and research. Her main research interests have generally revolved around social disparities in health and the role of psychosocial influences on chronic illness adaptation processes. She has mainly explored these issues in relation to a particular health-related topic – (chronic) pain. More specifically, her current main lines of research aim to: (1) understand the psychosocial processes accounting for health-care professionals’ (gender and social status) biases in the assessment and treatment of a patient’s pain; (2) investigate the role of interpersonal dynamics in pain experiences, namely, pain-related social support interactions for the promotion of functional autonomy among adults with chronic pain.  In her research she uses a wide range of quantitative (e.g., experimental), qualitative (e.g., grounded-theory) and knowledge synthesis methodologies (e.g., scoping and systematic reviews).  Several scientific awards have recognized her scientific contributions, namely, the Research Merit Award of the Portuguese Health Psychology Society (2008), Young Researcher Award of the Portuguese Psychological Association (2013), Best Paper Awards by the Portuguese Association for the Development of Pain Therapies (ASTOR) and the Grüenenthal PAIN Prize 2016.
Diagnóstico e Intervenção Social e Organizacional
Aristides I. Ferreira é Professor Associado no ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, Portugal, onde é o Diretor do programa de Mestrado em Gestão de Recursos Humanos e Consultoria Organizacional. É, igualmente, membro do Conselho Científico e Investigador da Business Research Unit do mesmo instituto. É doutorado em Psicologia pela Universidade do Minho (Portugal) e pós-doutorado pela Universidade Livre de Berlim (Alemanha). Leciona cursos relacionados com a Gestão de Recursos Humanos, Comportamento Organizacional e Gestão da Mudança em diversos cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento. Desde 2018 faz parte do Executive Committee of the European Association of Psychological Assessment. Os seus interesses de investigação incluem a avaliação psicológica / psicometria, liderança, criatividade, gestão da mudança e presentismo. Nos últimos anos fez parte de vários projetos de investigação financiados e colaborou com várias organizações públicas e privadas. Atualmente tem vários livros publicados e mais de 60 artigos publicados em revistas científicas com revisão por pares como o International Journal of Project Management, o Journal of Business Research, o British Journal of Management e o Journal of Organizational Behavior.
Métodos Avançados de Análise de Dados
Doutoramento em Sociologia, na área de Teoria e Método. Professora Catedrática  no ISCTE-IUL. Diretora da Escola de Sociologia e Políticas Públicas do ISCTE-IUL. Diretora da Pós-graduação em Análise de Dados em Ciências Sociais do ISCTE-IUL. Leciona e coordena diversas unidades curriculares de Estatística e Análise de Dados em cursos de Mestrado e de Doutoramento. É investigadora do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL) do ISCTE-IUL. Linhas de investigação: Métodos quantitativos, multivariados e de interdependência para explorar variáveis categorizadas, privilegiadamente desenvolvidos pela Escola de Leiden: Análise de Correspondências Múltiplas (ACM) e análise não-linear em Componentes Principais (CatPCA); métodos de dependência para variáveis categorizadas (CATREG); modelos multinível; análise longitudinal com multinível; modelos de medida (análise factorial confirmatória); modelos de equações estruturais; modelação com moderação e com mediação e métodos de estimação bootstrapping. Coordena e lecciona diversas unidades curriculares de métodos de análise de dados em Mestrado e em Doutoramento.
Concepção e Avaliação de Projectos
Sibila Marques é licenciada em Psicologia pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa e Doutorada em Psicologia Social pelo ISCTE-IUL – Instituto Universitário de Lisboa. É investigadora no Centro de Investigação e de Intervenção Social e lecciona como Professora Auxiliar em cursos de Mestrado no ISCTE-IUL. É actualmente a Directora do Mestrado em Psicologia Social da Saúde.  Tem-se dedicado sobretudo à aplicação da Psicologia Social e Comunitária para compreensão de temas com impacto social relevante sobretudo ao nível da saúde e bem-estar das comunidades e dos indivíduos. Neste sentido tem desenvolvido trabalho em duas areas prioritárias: Psicologia Social do Envelhecimento e Psicologia Social do Ambiente.  Neste domínio tem apresentado os seus trabalhos em congressos nacionais e internacionais, e tem publicações em revistas com impacto na comunidade científica. Tem também desenvolvido actividades em projectos europeus e nacionais  neste domínio.  Faz actualmente parte do grupo Eurage (www.eurage.com) e assumiu a coordenação científica no ISCTE-IUL dos projectos europeus SIforAGE (FP7) e INHERIT (H2020). É ainda autora do ensaio “Discriminação da terceira idade” publicado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos em 2011. Tem ainda uma presença frequente nos meios de comunicação social para discussão dos seus temas de investigação. 
Métodos Avançados de Investigação em Psicologia
Contactos
Candidatar
Voltar ao topo