Gestão de Sistemas de Informação

Contactos

Horário

Regime pós-laboral, com aulas à segunda, quarta e quinta-feira (18:00 - 22:30). Uma vez por mês haverá também uma aula ao sábado.

Período de aulas

Ínicio 25 set 2017
Fim 30 mai 2018

Propinas (2017/2018)

1.ºAno 3500.00 €
2.ºAno 1500.00 €

Propinas Estudantes Internacionais (2017/2018)

1.ºAno 4500.00 €
2.ºAno 2500.00 €

O mestrado em Gestão de Sistemas de Informação tem a duração de dois anos, correspondentes à obtenção 120 créditos ECTS, repartidos entre 54 em unidades curriculares (UC) obrigatórias, 18 em optativas e 48 na dissertação ou trabalho de projeto.

Relativamente às optativas, os mestrandos têm que escolher três UC. As UC de Sistemas Inteligentes de Apoio à Decisão (BI), Sistemas de Gestão de Bases de Dados, Aplicações Web e Usabilidade (UC do DCTI) e as UC de Internet Marketing, Noções Básicas de Programação e Técnicas Quantitativas de Análise de dados (UC Livres) vão ser disponibilizadas no horário normal do Curso (Segunda, Quarta e Quinta em horário pós laboral).

Plano de Estudos para 2017/2018

Unidades Curriculares Obrigatórias
1 Ano | 1 Semestre
Desenho de Sistemas de Informação
Português
6.0 ECTS
Gestão Estratégica dos Sistemas de Informação (2º Ciclo)
Português
6.0 ECTS
Metodologias de Investigação em Gestão de Sistemas de Informação
Português
6.0 ECTS
Seminário em Gestão de Sistemas de Informação 1
Português
12.0 ECTS
1 Ano | 2 Semestre
Gestão de Benefícios e Governo de Sistemas de Informação
Português
6.0 ECTS
Gestão de Projectos de Sistemas de Informação
Português
6.0 ECTS
2 Ano | 1 Semestre
Seminário em Gestão de Sistemas de Informação 2
Português
12.0 ECTS
Optativas
Dcti
Optativa 2
ECTS
1 Ano | 2 Semestre
Sistemas Inteligentes de Apoio à Decisão
Português
6.0 ECTS
Aplicações Web e Usabilidade
Português
6.0 ECTS
Sistemas de Gestão de Bases de Dados
Português
6.0 ECTS
Livre
Optativa 1
ECTS
Optativa 3
ECTS
1 Ano | 1 Semestre
Internet Marketing (Ch, 6 Ects, Sem.)
Português
6.0 ECTS
Sistemas Colaborativos
Português
6.0 ECTS
Gestão de Tecnologias de Informação e do Conhecimento
Português
6.0 ECTS
Tecnologias e Sistemas Cloud
Português
6.0 ECTS
1 Ano | 2 Semestre
Técnicas Quantitativas de Análise de Dados
Português
6.0 ECTS
Trabalho Final
2 Ano | 1 Semestre
Trabalho de Projecto em Gestão de Sistemas de Informação
Português
48.0 ECTS
Dissertação em Gestão de Sistemas de Informação
Português
48.0 ECTS

Objetivos

O curso pretende proporcionar uma formação avançada no domínio dos sistemas de informação, nas suas vertentes tecnológica e organizacional. Na perspetiva organizacional, destaca-se a problemática da inserção dos sistemas de informação nas empresas, nomeadamente o planeamento estratégico, a importância de uma gestão eficaz dos sistemas e tecnologias de informação, ou a reorganização de processos e do trabalho. O fomento de sinergias entre a componente tecnológica e a área da gestão é o principal fator diferenciador e motivador do curso, que se relaciona com o facto de o ISCTE-IUL ser uma escola de referência de gestão organizacional. O curso destina-se essencialmente a profissionais com pelo menos dois anos de experiência em Gestão e/ou Informática, daí que seja um dos objetivos do curso dinamizar dissertações úteis às organizações de origem dos alunos.

Genericamente o mestrado tem como objetivo principal contribuir para qualificação das organizações portuguesas, nomeadamente solidificando conhecimentos na área do planeamento, desenho e gestão de sistemas de informação. Também são transmitidos conhecimentos mais específicos sobre a área de “Business Intelligence”, Análise de Dados e Comércio Eletrónico.

Pretende-se que os formandos exercitem capacidades de integração das várias matérias abordadas, aplicando-as na resolução de problemas concretos. É objetivo do curso fomentar a utilização de metodologias sólidas para que os alunos sejam capazes de autonomamente desenvolver trabalhos rigorosos aplicados a situações complexas ou não habituais.

O Plano de estudos apresentado no 1.º ano do curso privilegia o aprofundamento de competências profissionais especializadas. Os programas das disciplinas oferecidas são genericamente suportados por casos de estudo que permitem que os alunos apliquem os conhecimentos adquiridos (nas organizações onde trabalham e nas disciplinas) de uma forma integrada. Os alunos são colocados perante situações novas e são desafiados a proporem soluções inovadoras mas fundamentadas. Os alunos são também estimulados a exporem oralmente os seus trabalhos aos restantes colegas.

Através da disciplina de Desenho de Sistemas de Informação é reforçada a componente de rigor no desenho de soluções. Através das disciplinas de Metodologias de Investigação e Seminário em Gestão de Sistemas de Informação I e II pretende-se dar uma formação que facilite a aquisição de competências de investigação necessárias à elaboração da dissertação. A quase totalidade das UC do 1.º ano contém uma componente de avaliação suportada por um trabalho aplicado. Esse trabalho permite parcialmente medir até que ponto os mestrandos conseguem aplicar os conhecimentos adquiridos. Mas a verdadeira medição do desempenho dos mestrandos é efetuada através da análise da dissertação. É suposto ser através dela que os alunos mostram em que medida é que o curso lhes proporcionou uma formação avançada.

Dissertação / Trabalho de Projecto

Pós-graduação ou Trabalho de Projecto?
Qual a mais-valia da Dissertação de Mestrado?

A Dissertação de Mestrado é um espaço de aplicação dos conhecimentos adquiridos na componente curricular. Com a Dissertação de Mestrado o aluno demonstra que é capaz de autonomamente planear, sistematizar, desenvolver, escrever e apresentar trabalho de qualidade científica, seja ele aplicado ou não. Completada com sucesso esta etapa, é atribuído ao aluno o grau de Mestre. A escolha entre Pós-Graduação ou Mestrado deve ocorrer face à motivação pessoal.

Se a motivação é a atualização de conhecimentos nas áreas da gestão dos sistemas de informação tais como, conceção e gestão de sistemas da informação, modelação por objetos, web-marketing, gestão de projetos de sistemas de informação, novas infra-estruturas de redes, etc., atualização numa perspetiva profissional, então a Pós-Graduação é a opção mais correta.

Se a motivação é a de aplicar, de forma integrada, o conjunto dos conhecimentos adquiridos na parte curricular, de modo a analisar, definir e/ou solucionar projetos de média complexidade, então a melhor opção é o Mestrado: a Dissertação de Mestrado permite fazer a ponte entre o estudo/resolução de problemas com a aplicação das melhores formas de pesquisar, comparar, selecionar e/ou concretizar as soluções mais corretas. Pela preparação que proporciona, o Mestrado é também a opção por excelência para quem pretenda continuar os estudos conducentes ao Doutoramento.

A quase totalidade das Dissertações de Mestrado em MGSI consistem na aplicação de soluções a casos de estudo reais, normalmente respeitantes à organização onde o mestrando trabalha. Veja exemplos de dissertações elaboradas por mestrandos de MGSI.

A elaboração da dissertação é orientada por um doutor ou por especialista de reconhecido mérito e é objecto de apreciação e discussão pública, perante um júri nomeado para o efeito.

Candidate-se 
Voltar ao topo