Antropologia (ISCTE-IUL / NOVA FCSH)

Contactos
Candidate-se 
Fase Início Fim Taxa
1ª Fase 01 Fevereiro 2019 06 Maio 2019 50.00 €
2ª Fase 08 Maio 2019 15 Julho 2019 50.00 €
3ª Fase 06 Agosto 2019 02 Setembro 2019 50.00 €
A abertura das fases de candidatura está condicionada à existência de vagas

Requisitos

Condições de Acesso:

a)      Titulares de grau de mestre ou equivalente legal;

b)      Titulares do grau de licenciado, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante;

c)       Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos.

Critérios de Avaliação e Seriação:

o   Classificação final de Licenciatura (20%);

o   Classificação final do Mestrado (20%);

o   Avaliação da motivação expressa na carta de intenções (10%);

o   Currículo científico e profissional relevante e adequado ao programa doutoral (30%);

o   Pré-projecto (20%).

A Comissão de Análise de Candidaturas pode, se assim o entender, completar a aferição da motivação e a avaliação do pré-projeto através de entrevista individual.

Não serão admitidos/as os/as candidatos/as que obtenham uma classificação final igual ou inferior a 10 valores.

Procedimentos da Candidatura

As candidaturas realizam exclusivamente on-line.

A candidatura implica:

Preencher de todos os campos obrigatórios;

Anexar obrigatoriamente os seguintes documentos:

  • Fotografia
  • Documento de identificação
  • Diploma de licenciatura, com indicação (no próprio diploma ou em documento oficial emitido pela universidade que confere o grau) das unidades curriculares realizadas e classificação final
  • Diploma de mestrado, com indicação (no próprio diploma ou em documento oficial emitido pela universidade que confere o grau) das unidades curriculares realizadas e classificação final
  • Carta de intenções (não deve exceder duas páginas)
  • Curriculum vitae
  • Pré-projeto (não deve exceder cinco páginas)

Liquidar a taxa de candidatura.

Os diplomas emitidos por universidades estrangeiras devem ser acompanhados de tradução certificada, sempre que se encontrem numa língua estrangeira que não o espanhol, francês, inglês ou italiano, e de informação sobre a escala de classificações utlizada, se diferente da portuguesa.

Mais informação aqui

Voltar ao topo