Mestrado

Acreditações

Logótipo da A3ES

Acreditado
6 anos Anos
02 fev 2022
Registo DGES
Registo inicial R/A-Ef 1078/2011 de 18-03-2011
Registo de alteração
Contactos
Candidatar
Leccionado em Português
Tipo de ensino Presencial

O corpo docente é extremamente qualificado, integra professores e investigadores de várias nacionalidades com experiência de investigação e intervenção na área científica das emoções.

Uma componente forte do curso é a colaboração com especialistas e laboratórios de outras universidades portuguesas e estrangeiras. Participam regularmente no curso, em conferências e como docentes das unidades curriculares, investigadores reconhecidos a nível nacional e internacional.

Corpo Docente para (2022/2023)

Dissertação em Ciências em Emoções | Bases Biológicas das Emoções | Cognição e Emoção
César Lima é Professor Auxiliar de Psicologia no Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) desde 2018. A sua investigação centra-se na psicologia e neurobiologia da comunicação vocal, emoções e música. Combina métodos da psicologia experimental e da neurociência cognitiva para abordar estes tópicos, em indivíduos saudáveis de todas as idades, em populações especializadas (e.g., músicos) e em populações clínicas (e.g., com alterações neurológicas ou psiquiátricas). Publicou mais de 45 artigos em revistas com revisão de pares incluindo a Emotion Review, Cerebral Cortex, Brain, Current Biology, Trends in Neurosciences e Nature Reviews Neuroscience. César Lima faz parte do corpo editorial das revistas Scientific Reports (categoria Neurociência) e Royal Society Open Science (categoria Psychology and Cognitive Neuroscience). Tem sido convidado para rever artigos para revistas como a Psychological Bulletin, American Psychologist, NeuroImage, ou Nature Human Behavior, e propostas de projetos de investigação para a Leverhulme Trust, Royal Society, Czech Science Foundation e Swiss National Science Foundation. Antes de integrar o Iscte, César Lima doutorou-se em Psicologia na Universidade do Porto (2008-2011), foi investigador pós-doutorado no Institute of Cognitive Neuroscience - University College London (2012-2016) e regressou à Universidade do Porto como Investigador Auxiliar ao abrigo do programa Investigador FCT (2016-2017). O seu trabalho como investigador principal tem sido financiado pela British Academy e pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT). No Iscte, tem ensinado Psicofisiologia e Genética, Neuropsicologia, Raciocínio e Linguagem, Bases Biológicas das Emoções, e Avanços em Neurociências Afetivas. É também o atual diretor do Mestrado em Ciências em Emoções.   
Psicofisiologia das Emoções
Nasci em Lisboa, Portugal.  Possuo uma licenciatura em Psicologia e um mestrado em Psicologia, Psicoterapia e Aconselhamento pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias de Lisboa, Portugal. Possuo um doutoramento em Psicologia da Saúde pelo Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), Lisboa. Sou professor auxiliar na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa, Portugal, e o Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes, em Portimão, Portugal. Sou Professor Convidado da Universidad de San Buenaventura, Medellín, Colômbia, e da INOVA Business School, em São Paulo, Brasil.  Sou Investigador no HEI-Lab: Digital Human-Environment and Interactions Lab e no CIS-ISCTE/IUL. Atualmente, sou o coordenador do Laboratório de Psicologia Experimental do ISMAT. Os meus atuais interesses de investigação centram-se nos métodos quantitativos / psicometria e no registro psicofisiológico/ocular (eye tracking). Tenho trabalhado com eye tracking desde 2008 e dado vários cursos de eye tracking em Portugal e no estrangeiro. Sou o mentor da  International Conference on Eye Tracking, Visual Cognition and Emotion, em Portugal e o fundador do I Encontro de Oculometria Cognitiva. Tenho publicados vários artigos e capítulos de livros sobre estatística, atenção, emoção e eye tracking. Sou também consultor científico/estatístico na Eurotrials - Consultores Científicos e a na LIFT CONSULTING.
Cognição e Emoção
Cristiane Souza é doutorada em Psicologia (Iscte-IUL) licenciada em Psicologia (reconhecimento pelo Iscte-IUL), com formação de Psicólogo em 2008, e concluiu o mestrado transdisciplinar em Ciências Cognitivas pela Universidade de Lisboa em 2015. Possui mais de 10 anos de experiência profissional como Psicóloga (registo no Brasil, CRP-03/4782). Suas experiências concentram-se especialmente em lecionação/gestão no ensino superior, investigação científica,  intervenções neuropsicológicas e em saúde comunitária. A sua investigação doutoral foi desenvolvida na interface entre Neuropsicologia, Psicologia Cognitiva e Neurociência Cognitiva e a focar a interação entre memórias declarativas em idosos e indivíduos autistas. Integrou ainda a equipa do Iscte-Saúde, como Psicóloga Jr. e apoiou as atividades de gestão, formação e desenvolvimento. Cristiane é membro do grupo de investigação BEC (Comportamento, emoção e cognição) (Cis-IUL) e tem colaborado em atividades de ensino e supervisão com o DPSO, Iscte-IUL. De sua produção científica, destacam-se publicações e revistas por pares (Q1 e Q2) sobre aspetos neurocognitivos em populações típicas, com transtornos do desenvolvimento e, mais recentemente, no contexto do envelhecimento. Ela também contribui como revisora especialista em importantes revistas científicas, como PLOS one, Behavior Research Methods, Journal of Autism and Developmental Disorders, Journal of Neurodevelopmental Disorders and Cognitive Processing. Os seus interesses atuais convergem para questões relacionadas com a preservação da saúde cognitiva ao longo do desenvolvimento humano e sobre o bem-estar no envelhecimento e no desenvolvimento neurodivergente.
Bases Biológicas das Emoções
Métodos de Investigação em Psicologia I
Marta Matos é doutorada em Psicologia - Clínica e Saúde (2016) pelo Iscte-Instituto Universitário de Lisboa. É Investigadora Integrada do Cis, Coordenadora do Health For All Research Group (H4A) e Professora Auxiliar Convidada no Iscte. Desde o início da sua carreira como psicóloga (2007) em contextos comunitários tem vindo a focar-se na prestação de cuidados a populações idosas e durante o mestrado (2010) e doutoramento (2016) no Iscte, focou-se no papel de apoio social de cuidadores em experiências de dor crónica de pessoas idosas   As atuais linhas de investigação são dedicadas a: 1. Compreender as dinâmicas interpessoais de receber suporte social para autonomia funcional em pessoas idosas com dor crónica. 2. Investigar as experiências de prestação de cuidados a pessoas idosas, em cuidadores formais e informais, com o objetivo de identificar fatores psicossociais de proteção/risco para a qualidade de vida dos cuidadores e das pessoas idosas. Em geral, a sua investigação é motivada pelo interesse de traduzir o conhecimento baseado em evidências em práticas de cuidado, com bases teóricas sólidas. A sua investigação tem sido apoiada e reconhecida por instituições dedicadas à área da dor, nomeadamente por meio de uma bolsa para formação avançada em dor (ASTOR 2014), um prémio de investigação clínica em dor (Grünenthal Foundation 2016) e prémio de melhor poster por Angelini/ASTOR (ASTOR 2021 ).
Bases Biológicas das Emoções | Psicofisiologia das Emoções
Marta Martins é investigadora no Centro de Investigação e de Intervenção Social (CIS-Iscte) desde 2019. Os seus interesses de investigação centram-se na psicologia e neurobiologia da música, leitura e dos processos áudio-motores, tópicos que aborda com recurso a métodos da psicologia experimental e da neurociência cognitiva em indivíduos de todas as idades, tendo particular interesse em crianças e populações especializadas (e.g., músicos).  Antes de integrar o CIS-Iscte, Marta Martins doutorou-se em Psicologia pela Universidade do Porto (2019), onde desenvolveu a sua tese sobre comportamento e plasticidade cerebral em crianças, nos domínios da leitura e da música. Foi bolseira de doutoramento FCT e desenvolveu o seu trabalho em colaboração com o Structural Brain Mapping Group da Universidade de Jena (Alemanha). Durante o doutoramento realizou ainda um estágio no Gaab Lab, Universidade de Harvard (Boston Children's Hospital, USA), ao abrigo de uma bolsa Fulbright.    É ainda licenciada em Biologia pela Universidade do Porto (2007) e completou o Mestrado em Administração e Gestão da Educação pela Universidade Portucalense (2012). Possui o 8.º Grau do Conservatório em Flauta de Bisel e durante oito anos lecionou Educação Musical no 1.º Ciclo do Ensino Básico. No Iscte, tem ensinado Psicofisiologia das Emoções, Psicofisiologia e Genética e Bases Biológicas das Emoções. 
Métodos de Análise de Dados
Patrícia Ávila (patricia.avila@iscte.pt). Doutoramento e mestrado em sociologia. Professora Associada com Agregação no Departamento de Métodos de Pesquisa Social da Escola de Sociologia e Políticas Públicas do Iscte. Investigadora Integrada no CIES-Iscte. Atualmente é diretora do Doutoramento em Sociologia (CIES e Iscte) e coordenadora do Grupo de Investigação "Sociedade do Conhecimento, Competências e Comunicação” do CIES-Iscte.  Tem participado em vários projetos de investigação sobre diferentes temáticas, com particular destaque para a literacia e leitura, competências, educação de adultos, ciência e sociedade, e metodologias de investigação em ciências sociais. É autora de vários artigos e livros.  
Dissertação em Ciências em Emoções | Métodos Avançados de Investigação em Psicologia | Perspectivas e Teorias das Emoções | Psicofisiologia das Emoções
Patrícia Arriaga é Doutorada em Psicologia Social e Organizacional na especialização de Psicologia Social pelo ISCTE (Pré-Bolonha, 2006), com Licenciatura Pré-Bolonha em Psicologia (5 anos, 1996, Área de Psicologia Clínica) pelo ISPA e Mestrado Pré-Bolonha em Psicologia Clínica e Psicopatologia pelo ISPA (2 anos, 2000). É certificada como Especialista pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) nas áreas de "Psicologia Clínica e da Saúde", "Psicologia do Trabalho, Social e das Organizações".  É atualmente Professora Auxiliar com Agregação no ISCTE, tendo iniciado a atividade de ensino no ensino superior em 1996. Em 2008 recebeu uma bolsa mista de Pós-Doutoramento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), para conduzir o seu projeto no ISCTE e na Universidade de Granada. Em 2009 foi contratada como Investigadora pelo Centro de Investigação e Intervenção Social (CIS) ao abrigo do Contrato-Programa Ciência 2008. Mantém-se atualmente como membro efetivo do CIS, integrando o grupo de investigação "Behavior, Emotion and Cognition". Investigação: Os seus principais interesses de investigação envolvem o estudo de processos socio-afetivos e comportamento, que geralmente incluem avaliação de respostas subjetivas, fisiológicas e comportamentais, aplicadas à psicologia social e da saúde. Atualmente os seus projetos centram-se no estudo de intervenções para a promoção de saúde e bem-estar, que incluem o desenvolvimento e avaliação da eficácia de ferramentas digitais, intervenções artisticas, campanhas, media, jogos, robôs sociais, considerando ainda as suas implicações sociais e éticas. Recebeu financiamento externo em vários projetos competitivos (e.g., FCT, Bial Foundation, Erasmus+, Compete 2020). Publicou mais de uma centena de artigos em capítulos, atas de conferências e revistas científicas com revisão de pares, desde revistas mais especializadas/ temáticas (e.g., Emotion, Psychology of Violence, Aggressive Behavior, Psychology of Music, Mindfulness, Journal of Creative Behavior, Cortex, Psychophysiology, Biological Psychology) a revistas genéricas na área da psicologia (e.g., Journal of Cross-Cultural Psychology, Journal of Experimental Social Psychology, Journal of Health Psychology) e multidisciplinares (e.g. Health Communication; Health Education Research, Computers in Human Behavior; SoftwareX, HardwareX, Nature Human Behaviour). Tem sido convidada para avaliar artigos científicos e candidaturas de projetos de investigação a nível nacional e internacional, designadamente por agências governamentais que incluem a National Science Foundation (EUA), a Shota Rustaveli Georgian National Science Foundation (Georgia) e a Dutch Research Council (Países Baixos).
Ontogénese das Emoções
Contactos
Candidatar
Voltar ao topo