Condições Ambientais

As condições gerais incluem constrangimentos relacionados com: 

  1. A necessidade de maior envolvimento e participação de toda a comunidade ISCTE-IUL;
  2. A necessidade de melhorar a sensibilização da comunidade para uma utilização eficiente dos recursos naturais (materiais, energia e água), e para a redução dos resíduos e emissões prejudiciais ao ambiente;
  3. A necessidade de integrar, de forma abrangente, temas de ambiente e de sustentabilidade nos currículos das unidades curriculares lecionadas no ISCTE-IUL;
  4. A diminuta flexibilidade na alteração da estrutura curricular dos programas de ensino no âmbito dos processos de acreditação, embora se considere existir uma sensibilização crescente no meio universitário para as preocupações da sustentabilidade, que já se reflete parcialmente nos diversos modelos de avaliação institucional aplicados pelas agências de avaliação da qualidade no ensino superior;
  5. A reduzida  margem orçamental para atribuição de incentivos à investigação e à atualização curricular;
  6. Uma cultura de comunicação ainda baseada em suporte de papel com o respetivo consumo de recursos materiais e energia e produção de resíduos e emissões;
  7. A necessidade de incluir, nos processos de aquisição e compras, uma visão global de redução do impacte ambiental;
  8. A configuração do campus do ISCTE-IUL, com vários edifícios de construção distinta e que não foram concebidos numa visão integrada de sustentabilidade no que concerne os sistemas técnicos instaladas. 

As condições ambientais afetadas pela atividade do ISCTE-IUL incluem:

  1. A utilização de recursos naturais – energia de fontes fósseis, água, materiais;
  2. A produção de resíduos e de emissões resultantes da operação do campus e de deslocações;
  3. As emissões sonoras decorrentes da atividade regular e de eventos organizados no campus;
  4. Os trabalhos de construção relacionados com a manutenção, a reabilitação e a expansão do campus.


As condições ambientais que afetam a atividade do ISCTE-IUL incluem:

  1. A qualidade do ar na envolvente urbana;
  2. As alterações climáticas – eventos climáticos extremos que podem condicionar as atividades no campus;
  3. O ruído ambiental, motivado pela circulação automóvel e pelo posicionamento do ISCTE-IUL numa zona de rotas de navegação aérea na proximidade do aeroporto de Lisboa.
Voltar ao topo