O Iscte é uma universidade pública de excelência. Contando com mais de 13.500 estudantes, estamos distribuídos em cinco escolas, em dois polos, um no centro de Lisboa e outro no centro de Sintra, representando diversas áreas do conhecimento.

Questões financeiras e Apoios

Tenho de pagar para frequentar um curso do Iscte?

Sim.

A propina para os cursos de licenciatura é definida anualmente, em linha com o previsto no Orçamento de Estado. As propinas dos cursos de mestrado, doutoramento e os cursos não conferentes de grau variam e podem ser conhecidas no portal da instituição.

Constitui uma exceção o estatuto de estudante internacional. Os estudantes de licenciatura e mestrado com estatuto internacional têm uma propina diferente, e que deve ser consultada no portal da instituição.

A propina pode ser paga de uma só vez no ato da matrícula/inscrição com uma redução de 2%, ou em 9 prestações, e reporta sempre a um ano letivo, independentemente do ciclo ou programa de estudos em que o estudante se inscreva ou da sua duração.

Aos estudantes com estatuto internacional é solicitado o pagamento da propina de uma só vez, não sendo possível o faseamento.

Bolsas de Estudo

Aqui.

Apoio Alojamento
Estudantes com Necessidades Educativas Especiais
Onde posso consultar a minha situação de propina e as referências multibanco para a liquidar?

A situação de propina deve ser consultada via Fénix.

Os estudantes do Iscte-Sintra devem consultar a propina no separador:

myFénix > Serviços > Conta corrente

Os estudantes do Iscte-Lisboa devem consultar a propina no separador:

Estudante > Propinas > Conta-corrente


Os estudantes devem selecionar as prestações que pretendem liquidar antes que as mesmas vençam; dessa forma, serão geradas as referências multibanco para liquidação da mesma.

Deixei passar o prazo da referência de multibanco para o pagamento das propinas, como posso regularizar o pagamento?

Desde que a prestação em causa não tenha vencido, o estudante pode gerar novas referências-multibanco.

Quais as consequências do não pagamento de uma, ou mais prestações da propina?

O não pagamento da propina implica:

  • A nulidade de todos os atos curriculares praticados no ano letivo a que o incumprimento se reporta.
  • A suspensão da matrícula e da inscrição anual, com a privação do acesso aos apoios sociais até à regularização da dívida, acrescida dos respetivos juros, no mesmo ano letivo a que o incumprimento se reporta.
  • O impedimento da emissão de certidões e outros documentos.
  • Os estudantes que se matriculam e inscrevem pela primeira vez num curso de mestrado, doutoramento, ou numa pós-graduação, e que não paguem a 1.ª prestação da propina no prazo estipulado, têm como consequência do não pagamento a perda da vaga, sendo esta atribuída ao candidato seguinte na lista de suplentes.
A desistência do curso dá origem ao reembolso da propina paga?

Não. Os valores devidos a título de propinas não são passíveis de reembolso, assim como os valores pagos a título de candidatura.

É devido pagamento por todos os atos académicos e pela emissão de documentos oficiais solicitados junto dos Serviços de Gestão do Ensino?

Os atos académicos e os documentos oficiais que obrigam ao pagamento de emolumento estão elencados na Tabela de Emolumentos do Iscte atualmente em vigor.

Processo de matrícula e Inscrição

Qual a diferença entre matrícula e inscrição? Tenho de me inscrever todos os anos?

Matrícula e inscrição não são a mesma coisa. A matrícula torna um candidato em estudante do Iscte, mas, por si só, não dá direito à frequência de um curso. O estudante, uma vez matriculado, tem de se inscrever para ficar em condições de frequentar as unidades curriculares do seu curso.

Sim. A inscrição deve ser feita todos os anos letivos.

Como e quando posso oficializar a minha matrícula a um curso do Iscte?

A matrícula/inscrição dos candidatos aceites a cursos do Iscte é feita por via eletrónica na plataforma Fénix, dentro dos prazos fixados. Os prazos para inscrição variam, e devem ser consultados no calendário académico disponível neste portal.

Depois de me matricular/inscrever, onde me devo dirigir para obter esclarecimentos sobre o meu percurso académico?

A gestão dos processos académicos dos estudantes é assegurada pelos Serviços de Gestão do Ensino (SGE). Estes serviços funcionam no Iscte-Lisboa, mas servem todos os estudantes do Iscte.

A forma mais rápida de obter informação sobre o seu percurso académico, incluindo situação de propina, é o portal de estudante na plataforma Fénix. É também possível a submissão de pedidos académicos por esta via. Para outras situações, os estudantes podem contactar os serviços presencialmente, dentro do respetivo horário, ou por e-mail, devendo, neste caso, ser considerado exclusivamente o endereço institucional.

O atendimento ao público nos SGE carece de marcação online. Veja aqui.

Posso mudar de optativas? Como e até quando?

Sim, desde que haja vagas.

A mudança de optativas realiza-se diretamente no Fénix, sem necessidade da intervenção ou moderação dos serviços: Fénix > Portal de estudante > Mudança de inscrição em optativas

As alterações só podem ocorrer nos termos do calendário definido para o efeito

Calendários e Horários

Onde posso encontrar os calendários?
Como posso aceder ao meu horário?

ISCTE-SINTRA

myFénix -> Serviços -> Calendário


ISCTE-LISBOA

Estudante > Consultar > Horário


Como sei onde vou ter aulas? Os edifícios com as salas estão identificados no horário?

ISCTE-SINTRA

O horário não indica a sala. O secretariado da Escola de Sintra fará o acompanhamento dos estudantes e informará in loco sobre a localização das salas.


ISCTE-LISBOA

O horário indica o edifício, o piso e o número da sala onde a aula vai decorrer.

Consoante a indicação que conste, o estudante deve dirigir-se ao Edifício 1 (Sedas Nunes), Edifício 2 ou 3 (Ala Autónoma). 


Edifício 1 (Sedas Nunes)

É o edifício mais antigo do Iscte. É também conhecido como Edifício I ou Edifício da Reitoria. Concentra a maioria dos serviços da universidade e os órgãos de gestão, os secretariados e outros gabinetes das Escolas de Sociologia e Políticas Públicas; Ciências Sociais e Humanas; e Tecnologias e Arquitetura. Tem também a maior sala de estudo, um bar e uma cantina, uma reprografia, além de muitas salas de aula e auditórios.

As salas de aula deste edifício estão identificadas assim, por ordem de aparição:

  • Um número, que indica o piso em que se localiza a sala;
  • Uma letra, que indica a ala em que se localiza a sala (N, S, E, W);
  • Um/dois números, que indicam o número da sala;
  • Exemplo: 2E07 - esta sala é a 07 e fica no Ed. 1 (Sedas Nunes), no piso 2, ala E (este).

Caso o estudante tenha a indicação Auditório 1 ou JJ Laginha (piso 1), ou 2 ou 4 (piso 2), é também a este edifício que se deve dirigir. 


Edifício 2

É o edifício mais recente do Iscte e é prémio Valmor. É também conhecido como o edífício da Biblioteca, apesar de ser muito mais do que isso: é o edifício dos laboratórios de redes (piso 7) e dos de informática (piso 1), das salas de arquitetura (piso 5), dos laboratórios de investigação e do ginásio (piso 0) e do icónico grande auditório (piso 1).

As salas de aula deste edifício estão identificadas assim, por ordem de aparição:

  • Uma letra, que indica a posição e o tipo de sala (B - auditórios (mais à esquerda), C - salas (mais ao centro) e D - laboratórios de informática (mais à direita));
  • Um número e um ponto, que indica o piso em que se encontra a sala;
  • Dois números, que indicam o número da sala;
  • Exemplo: C3.02 - esta sala é a 02 e fica no Ed. 2, no piso 3.

Edifício 3 (Ala Autónoma)

Foi o segundo edifício a ser construído. Tem salas de aula, mas também gabinetes de docentes e o secretariado da Escola de Gestão.

As salas de aula deste edifício estão identificadas assim, por ordem de aparição:

  • AA, que indica o edifício;
  • Um número e um ponto, que indica o piso em que se encontra a sala;
  • Dois números, que indicam o número da sala;
  • Exemplo: AA3.02 - esta sala é a 02 e fica na Ala Autónoma, no piso 3.

Caso o estudante tenha a indicação Auditório Afonso de Barros ou Silva Leal, é também a este edifício que se deve dirigir.  

Cartão de Estudante e E-mail Institucional

Como posso obter o meu cartão de estudante?

ISCTE-SINTRA

A CGD vai estar disponível no campus Iscte-Sintra de 12 a 16 de setembro, das 10h às 17h, para emissão imediata de cartões provisórios.

Depois desta data, os estudantes têm duas alternativas:

  • Até 30 de setembro: no Iscte-Lisboa, das 10h às 19h.
  • Depois de 30 de setembro: numa agência CGD.

Documentos de que vais precisar:

  • Documento de identificação.
  • Comprovativo de morada.

ISCTE-LISBOA

O cartão de estudante pode ser pedido online, em https://caixaonboarding.cgd.pt/. Para isso, é obrigatório ter Chave Móvel Digital e já ser estudante Iscte, claro! 

Em alternativa ao pedido online, a CGD vai estar disponível no campus Iscte-Lisboa de 12 a 30 de setembro, das 10h às 19h, para emissão imediata de cartões provisórios.

Depois desta data, os estudantes têm duas alternativas:

  • Depois de 30 de setembro: numa agência CGD (preferencialmente a agência do Campo Grande em Lisboa).

Documentos de que vais precisar:

  • Documento de identificação.
  • Comprovativo de morada.


Perdi o meu cartão de estudante. O que devo fazer para me ser emitido um novo?

ISCTE-SINTRA

O estudante deve contactar uma agência da Caixa Geral de Depósitos (CGD) e solicitar um novo cartão de estudante.

ISCTE-LISBOA

O estudante deve contactar a dependência da Caixa Geral de Depósitos (CGD) do Campo Grande, e solicitar um novo cartão de estudante que deverá ser ativado pelo próprio na sua página do Fénix.

O que é o e-mail institucional? Os estudantes têm de o consultar com regularidade?

O Iscte atribui a todos os estudantes uma conta de e-mail (xxxx@iscte-iul.pt). O email institucional deve ser consultado regularmente, já que é por esta via que é feita toda a comunicação com os estudantes. O acesso ao email é feito através do portal Office 365 - https://www.office.com.


ISCTE-SINTRA

Para aceder ao email, o estudante deve ativar a sua conta.

A ativação de conta ocorre depois do processo de matrícula/inscrição. O estudante é reencaminhado para a página de ativação, podendo regressar a ela em qualquer momento no separador myFenix > Outros serviços > Ativar conta.


ISCTE-LISBOA

Para aceder ao email, o estudante deve ativar a sua conta.

A ativação de conta ocorre durante o processo de matrícula/inscrição, quando ao estudante é solicitada a criação de uma palavra/passe.


Em que momento têm os novos estudantes acesso ao email institucional?

Os novos estudantes de 1.º ano, 1.ª vez, têm acesso ao email e a todas as ferramentas do Office 365 entre 24 e 48 horas após a ativação da sua conta no processo de matrícula/inscrição.

Para entrarem na sua conta, os estudantes devem aceder a Office 365 Login | Microsoft Office e introduzirem as suas credenciais de acesso:

  • Utilizador: xxx@iscte-iul.pt (criada pelo sistema)
  • Palavra-passe: criada pelo estudante

Para mais informação, por favor consulte:

Voltar ao topo